Skip to content

Operação Modo Avião: PF e Receita Federal apuram o crime de lavagem de dinheiro e importação irregular

O LONDRINENSE

A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal , deflagrou na manhã desta terça-feira (09/08) a operação “Modo Avião”, cujo objetivo é desmantelar uma organização criminosa com base organizacional instalada em Londrina, onde praticavam lavagem de dinheiro e importação irregular de produtos eletrônicos.

Além do camelô, apartamentos na Gleba Palhano e condomínios horizontais na zona sul, onde os suspeitos de envolvimento no esquema bilionário ostentavam mansões com carros de luxo na garagem, foram alvos da operação. Nas residências, foram encontradas grandes quantias de dinheiro em espécie e documentos.

Cerca de 240 policiais federais e 60 servidores da Receita Federal estão cumprindo 56 mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva nos estados do Paraná, São Paulo e Ceará.

Durante as investigações foram apreendidas dezenas de carregamentos de produtos eletrônicos importados ilegalmente, com prejuízo estimado em 428 milhões de reais.

Além dos mandados de busca e apreensão, na ação de hoje estão sendo bloqueados milhões de reais em várias contas bancárias de pessoas e de empresas que praticavam o esquema.

A operação recebeu o nome de “Modo Avião” em alusão aos aparelhos celulares importados ilegalmente e comercializados em grande escala pela Organização Criminosa.

Os investigados responderão pelos crimes de descaminho, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa, cujas penas máximas somadas atingem 22 anos de reclusão.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.