Para evitar um golpe fatal no ensino público do Paraná, a privatização das escolas, os trabalhadores da rede estadual decretam greve e nesta segunda-feira (3), realizam uma mobilização em Curitiba. O ato “Não venda a minha escola” contra a aprovação do projeto de lei nº 345/2024, acontece a partir das 8h na praça Santos Andrade, no centro da capital paranaense.Leia mais

Compartilhar: