Skip to content

Feliz aniversário, majestade- músicas de Roberto Carlos que você já cantou um dia

Mito maior da MPB celebra 78 anos de idade nesta sexta-feira (19). Em 2019, celebram-se seis décadas de lançamento do primeiro disco, que passou batido. Selecionamos canções pouco celebradas, atualmente, do “rei” e que estão na memória afetiva de muitos. Confira

Antônio Mariano Júnior

Equipe O Londrinense

Muito bem, parabéns, nesta data querida. Roberto Carlos completa 78 anos de idade nesta sexta-feira (19). Da Paixão.  Tem mais: em 2019, celebram-se seis décadas de caminhada nesta longa estrada da vida artística.

Assim, o primeiro disco dele gravado foi em 1959. Na verdade, um compacto simples com duas faixas: João e Maria (Roberto Carlos- Carlos Imperial) e Fora do Tom (Carlos Imperial). Forte influência da Bossa Nova; assumiu que imitava, vem só, João Gilberto.

Podem uns e outros falar isso ou aquilo ou aquilo mais do Roberto. No entanto, as canções dele atravessaram – e atravessam, ainda – o coração de muitos brasileiros e brasileiras; principalmente quem tem mais de 40 anos de idade.

Todo mundo tem aquela canção do Roberto. Eu, por exemplo, me pego tocando e cantando, quando em vez, ao violão A Distância e Amada Amante. Duas avassaladoras canções de amor de Roberto, entre outros e tantos e eternos clássicos compostos com Erasmo Carlos.

Selecionamos canções românticas (a grande maioria), confessionais (Traumas, por exemplo), “debochadas” (Oh, meu imenso amor) e familiares (Minha tia).  Aquelas canções do Roberto, que tocaram nas rádios ou nas vitrolas caseiras, entre o final da década de 1960 até meados de 1980. Composições de outros autores, inclusive.

Clássicos pouco celebrados, atualmente, mas que estão assentados na memória afetiva de muitos. Ah, sim: as canções “apartadas” foram listadas conforme recordações pessoais, as minhas, no caso.  

Você concorda? Quais canções faltaram? Quais canções pouco difundidas do Roberto marcaram sua vida?

Confira a seleção

“Eu vou buscar o meu amor, o meu amor”

E não vou mais deixar você tão só (Antônio Marcos) /1968

https://www.youtube.com/watch?v=a06N_OpjCq4

“Bem-vinda no caminho, onde andaremos os três”

Madrasta (Beto Ruschell – Renato Teixeira) / 1968

“Para ficar junto ao meu mais uma vez”

Aceito seu coração (Puruca)/ 1969

“Ah, se você me deixar, não saberei mais viver”

Oh, meu imenso amor (Roberto- Erasmo Carlos) /1969

“Oh, Ana, que saudade de saudade de você “

Ana (Roberto-Erasmo Carlos) / 1970

https://www.youtube.com/watch?v=0CS3srvgm-o

“Maior que o meu amor, é a vontade de dizer que não te quero”

Maior que o meu amor (Renato Barros) / 1970

https://www.youtube.com/watch?v=AOIZ1maVYCo

“Minha Senhora, quero ser seu namorado”

Minha senhora (Roberto- Erasmo Carlos) /1970

https://www.youtube.com/watch?v=0ovZfhtNOMA

“Você, a companheira, a namorada à minha espera”

A namorada (Carlos Colla – Mauricio Duboc) / 1971

“Meu pai um dia me falou, pra que eu nunca mentisse”

Traumas (Roberto-Erasmo Carlos) / 1971

“Coisas da vida, choque de opiniões”

À Janela (Roberto- Erasmo Carlos) / 1972

“Se não for por amor, me deixe aqui no chão”

Por amor (Roberto- Erasmo Carlos) / 1972

“Talvez a gente possa então se amar um pouco mais”

Quando as crianças saírem de férias (Roberto- Erasmo Carlos) / 1972

“Recordações me matam, por isso eu venho aqui”

O divã (Roberto- Erasmo Carlos) / 1973

“Na distância vi seu vulto desaparecer”

A Cigana (Roberto- Erasmo Carlos) / 1973

“Parado aqui eu sofro tanto, se você demora”

Atitudes (Getúlio Cortes) /1973

https://www.youtube.com/watch?v=w1RQY_c36uA

“O sol ainda não chegou, e relógio há pouco despertou”

Rotina (Roberto-Erasmo Carlos) /1973

https://www.youtube.com/watch?v=QIFDRpgVRHs

“Nem mesmo eu acreditei, mas eu disse adeus”

Eu disse Adeus (Roberto-Erasmo Carlos)/1969

“Dama, hoje alguém que te engana, te veste de santa”

Jogo de Damas (Isolda -Milton Carlos) /1974

“Só me resta agora dizer adeus e o meu caminho seguir”

Despedida (Roberto-Erasmo Carlos) /1974

“O show já terminou, vamos voltar à realidade”

 O show já terminou (Roberto-Erasmo Carlos) /1974

“Titia Amélia há quanto tempo a gente não se vê”

Minha tia (Roberto-Erasmo Carlos) /1976

https://www.youtube.com/watch?v=dg0ptEo8sRg

“Abra os braços pra me guardar, que eu todo vou me entregar”

Pra ser só minha mulher (Ronnie Von) /1977

“Saber quem é culpado não resolve nossa vida”

Sinto muito, minha amiga (Roberto-Erasmo Carlos) / 1977

“As lembranças me chegam sempre em noites tão vazias”

Vivendo por viver (Márcio Greyck- Cobel) / 1978

“Eu voltei ao passado e lembrei de você”

Voltei ao passado (Eduardo Ribeiro- Mauro Motta) / 1979

“Na tentativa de esquecer você, já fiz de tudo”

Tentativa (Márcio Greyck) /1980

“Passa o tempo só não passa essa saudade”

Passatempo (Carlos Colla – Mauricio Duboc) / 1981

“Não tente me dizer palavras que eu já não acredito mais”

Palavras (Roberto-Erasmo Carlos)/1973

“Amiga, perdoa se eu me meto em sua vida”

Amiga (Roberto- Erasmo Carlos) / 1982/Com Maria Bethânia

“Do fundo do meu coração, não volte nunca mais”

Do fundo do meu coração (Roberto-Erasmo Carlos) / 1986

Foto: Caio Girardi/imagem disponibilizada no site www.robertocarlos.com

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.