Skip to content

Bridgerton: a série queridinha do momento invade os guarda-roupas e aumenta a procura por acessórios de época

Interessante observar que, se por conta da pandemia, a moda não tem sido ditada ou absorvida, em parte, nas ruas (que ainda é o maior termômetro do sucesso de uma tendência), ela tem sido apontada de dentro de casa! E essa era uma dúvida que muita gente tinha – inclusive colunistas e jornalistas de moda: se não temos a rua como termômetro, como mediremos esse tipo de febre para além do Instagram? Pois a resposta veio das telas: ano passado com Emily in Paris e agora de carruagem, com a série Bridgerton (disponível na Netflix).

Foto: Divulgação

Não tem como passar batida pela série do momento, dá pra gostar ou odiar, mas é difícil ficar indiferente à trama com ares de folhetim (ela já deu pinta no jornal, veja aqui ). Eu mesma, num momento órfã total – tinha terminado todas as séries que estava assistindo – e ávida por algo leve para o momento, acabei sucumbindo à novelinha. E adorei principalmente a fotografia e o figurino, que são lindos – além, é claro, ter relaxado com o espírito Malhação de época 16+ inspiradas nos romances de banca tipo Bianca, he.

Foto: Divulgação/Moschino

A trama tem chamado muita atenção, não só a minha, pelas roupas e está fazendo várias tendências aparecerem mais – algumas já tinham dado pinta em desfiles recentes – causando um disparo nas buscas por corsets, tiaras de pérolas, cintura império e uma infinidade de acessórios com penas, com pegada retrô e jeito de século XIX. Também aumentou a busca por blusas e vestidos de mangas bufantes e saia armada com estampas bem floridas e cintura marcada.

Foto: Divulgação/Moschino

A plataforma Lyst, que mede a busca desenfreada por determinados produtos, chamou essa febre por itens de vestuário de época de Regencycore. E faz sentido: segundo a própria Lyst, desde a estreia de Bridgerton, as buscas por corsets (ou espartilhos) subiram 123%, enquanto a procura por tiaras de pérolas e penas tiveram um aumento de 49%. 


Foto: Divulgação/Moschino

O que eu mais gostei em relação ao figurino da série foi que a figurinista, Ellen Mirojnick, apresentou o estilo da época muito bem, mas com uma releitura e um perfume bem contemporâneos. E as peças com esse ar mais atual foram as que eu mais gostei. Destaque para os vestidos das irmãs Featherington, de cores coloridas e brilhantes, contrastando com as roupas lindas, porém mais sóbrias das outras personagens. O visual da rainha Carlota também passa bem essa ideia do visual de época repaginado.


Foto: Divulgação/Moschino

Várias grifes internacionais, nos desfiles de suas coleções mais recentes, apresentaram roupas floridas, com mangas bufantes e saia armada, com corset e um ar de épocas diferentes porém numa releitura bem contemporânea. Uma delas foi a Moschino, para sua coleção Verão 2021.


Foto: Divulgação/Moschino

Mais do que curiosa com a segunda temporada de Bridgerton, estou curiosa para ver que outras séries, de repente algumas com apelo menos óbvio, podem influenciar tendências de estilo em 2021.

Ana Paula Barcellos

Escritora, mocinha do medalhão persa, marketeira e pesquisadora de tendências. Trabalha com as marcas Madame B., Maria Jujuba Rock e Pinacola.

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.