Skip to content

Terminam hoje (10) as inscrições para a 6ª Feira Internacional de Música do Sul

Bandas e artistas solo autorais do interior do Paraná podem se inscrever para etapa presencial, que será realizada em Londrina

O LONDRINENSE com assessoria

Londrina vai receber, em agosto, etapa da 6ª edição da Feira Internacional de Música do Sul (FIMS), e as inscrições ficam abertas até domingo (10). Pode participar todo e qualquer projeto musical autoral, de artista solo ou banda, instrumental ou não, de qualquer gênero musical, que sejam atuantes no estado do Paraná (exceto Curitiba). As inscrições estão disponíveis no link: Inscrições FIMS – Londrina.

Para proporcionar uma rica diversidade musical, a FIMS reserva um número de vagas para ações afirmativas, sendo: mínimo 50% para artistas mulheres, o mínimo 20% para LGBTQIA+ e o mínimo 20% para pessoas negras e indígenas, em todas as categorias. Além do Paraná, a FIMS está realizando a mesma seletiva nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Ao concluir o prazo de inscrições, começam as análises de propostas inscritas. Na sequência, vêm as atividades presenciais que, em Londrina, serão realizadas nos dias 12 e 13 de agosto. Serão oferecidas ações formativas no SESI Londrina, localizado na Rua Deputado Fernando Ferrari, 160. A apresentação dos artistas e bandas será na Concha Acústica, na Rua Piauí, 130.

No primeiro dia, 12 de agosto, as atividades no SESI Londrina serão realizadas em formato de conferência, visando o relacionamento entre as bandas e convidados dos mais diversificados setores musicais. Haverá painéis, rodadas de negócios, debates, bate papo, entre outros. Todos os eventos são presenciais e gratuitos, com transmissão on-line de algumas atividades selecionadas.

Já no dia 13, as atividades serão realizadas na Concha Acústica, das 18h às 22h, com seis apresentações de bandas ou artistas solo, em formato de showcase, com duração de no máximo 20 minutos. A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) disponibiliza o som e iluminação para as performances.

Após a rodada de apresentações, serão selecionados os dois melhores para participarem da etapa final em Curitiba, entre os dias 2 e 5 de novembro.

O diretor-geral da Feira Internacional de Música do Sul, Téo Ruiz, afirmou que o mercado da música é muito variável e a FIMS tem investido na capacitação e formação profissional dos artistas. “Temos oferecido vários cursos de planejamento de carreira, comunicação e produção artística. A música vive de encontro e, quanto mais espaço e encontro tivermos, mais negócios e oportunidade temos. A FIMS é um caminho para encurtar a distância entre o artista e o programador”, disse.

O evento reúne entretenimento, formação, capacitação e negócios, proporcionando novos espaços para artistas, músicos, produtores, agentes de festivais e qualquer iniciativa profissional dentro da indústria musical.

Segundo a diretora de Ação Cultural da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), Maria Luísa Fontenelle, é um projeto relevante na medida em que abre espaço para que os músicos da cidade possam integrar circuitos ampliados no Paraná e na região sul do país. “Londrina tem uma produção cultural muito rica e variada, e projetos como a FIMS trazem oportunidades de formação e negócios para artistas e produtores, e permitem ao público conhecer novos trabalhos”, destacou.

Desde sua criação em 2016 a FIMS reúne vários agentes da cadeia produtiva, criativa e formativa da música com o intuito de gerar novos negócios. Colaborando na formação de novos profissionais, descobrindo novos talentos e fortalecendo o networking.

O projeto é realizado com recursos do programa de apoio e incentivo à cultura – Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo. A FIMS 2022 conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Londrina.

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.