Skip to content

Campanha de multivacinação começa hoje, em todo Brasil

Todas Unidades Básica de Saúde de Londrina estarão disponibilizando vacinas contra poliomielite para crianças de até cinco anos e outras para atualização de carteira vacinal dos menores de 15 anos

O LONDRINENSE com agências

Começam nesta segunda-feira (8) e vai até 9 de setembro, em todo Brasil, duas campanhas de vacinação simultâneas: uma contra poliomielite, voltada para crianças de até cinco anos; e outra de multivacinas para a atualização de carteira vacinal de menores de 15 anos. Em Londrina, 53 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) – 41 na área urbana e 12 na área rural – estarão vacinando as crianças e adolescentes, com exceção da unidade Ouro Branco, que ainda está destinada exclusivamente para vacinação da covid-19, mas que deve retomar ao atendimento primário na próxima semana. A meta é tentar trazer índices de vacinação de 95% do público alvo. O Dia D, quando todos os postos estarão abertos em horários diferenciados, será dia 20 de agosto.

O Brasil vem enfrentando uma queda na procura de vacinação de crianças e adolescentes e já registra taxas abaixo da média mundial. A preocupação é principalmente com a poliomielite, também chamada de paralisia infantil, que tem registrados casos em várias partes do mundo. A polio, quando não mata, deixa sequelas gravíssimas.

A campanha vacinal contra a doença visa alcançar crianças menores de 5 anos que ainda não foram vacinadas com as primeiras doses do imunizante (que é aplicado as 2, 4 e 6 meses de idade, via injeção intramuscular) ou que ainda não tomaram as doses de reforço. Segundo dados do Ministério da Saúde, a cobertura contra a poliomielite no Brasil não chegou ainda aos 50% do público-alvo em 2022.

Na campanha de multivacinação para crianças e adolescentes, o Ministério da Saúde espera atualizar o esquema previsto pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), disponibilizando nas UBSs vacinas contra hepatite, pneumonia, rotavírus, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, varicela, HPV, difteria, meningite, entre outras. Segundo o Ministério da Saúde, esses imunizantes poderão ser administrados de maneira simultânea com a vacina contra a Covid-19 ou durante qualquer intervalo de aplicação, para crianças com mais de três anos de idade.

Foto: Arquivo/Vivian Honorato/N.COM

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.