Skip to content

Espetáculo Vozes Anoitecidas ganha série documental

Obra aborda novas formas de narrativas cênicas para o teatro popular

O LONDRINENSE com assessoria

A Fábrica de Teatro Oprimido (FTO), em conjunto com o grupo Caos e Acaso de Teatro, realiza uma série documental sobre o processo criativo do espetáculo Vozes Anoitecidas. O material pode ser acessado pelo canal da FTO, no Youtube, e nas páginas do Facebook Instagram.

O documentário busca criar um espetáculo inédito em torno da obra Vozes Anoitecidas, do escritor moçambicano Mia Couto. Para isto, foram abordadas novas formas de narrativas cênicas no teatro popular, principalmente o realismo presente no livro.

Segundo o diretor do espetáculo, Roberto Sales, a série documental é uma adaptação para este momento de pandemia. “Como não podemos se reunir, este documentário é uma forma de integrar o público na pesquisa que fizemos em torno da obra Vozes Anoitecidas”, explicou.

O espetáculo narra a trajetória de dois jovens, Bento e Farida. Para fugir da guerra civil, ambos deixam as vilas onde moram e partem em viagens que se cruzam durante a série. Nesta jornada eles encontram e vivenciam a humanidade.

Além da série documental, a FTO disponibiliza ainda leituras dramáticas, experimentos cênicos e trechos de ensaios nas redes sociais do teatro.

O espetáculo Vozes Anoitecidas conta com patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC).

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.