Skip to content

Valentino lança moletom para campanha pró-vacina e recebe críticas

Pierpaolo Piccioli, diretor criativo da Maison Valentino, anunciou através do Instagram da grife uma campanha de apoio à Unicef para a compra de doses da vacina contra a Covid-19. A campanha inclui uma nota de apoio e a venda de um moletom, em edição limitada, com o V da marca e a palavra Vaccinated (Vacinada/o).

Pierpaolo Piccioli usando o moletom da campanha Foto: @maisonvalentino

A peça pode ser encomendada pelo site da Valentino.com por 690 dólares. Todo o valor arrecadado com as vendas do moletom será revertido para a compra de vacinas que serão distribuídas pela instituição em países necessitados.

Foto: @maisonvalentino

A Maison espera, com essa campanha, ajudar na conscientização de pessoas que ainda não se vacinaram por serem contra a imunização.

Ser vacinado não é uma escolha. É uma responsabilidade civil. Não se pode ser livre para escolher respeitar os outros”, escreveu Piccioli.

O moletom que Lady GaGa ganhou de presente Foto: @maisonvalentino

Para dar um gás ao lançamento, o próprio diretor criativo comprou as cinco primeiras peças e presentou amigos próximos que pudessem ajudar a dar voz à campanha, entre eles a cantora Lady Gaga.

Muita gente criticou a iniciativa no Instagram, que foi chamada de “horrível” e “oportunista” por alguns usuários. Uma usuária escreveu que a iniciativa é horrível já que as vacinas deveriam chegar a todos os países de forma gratuita, sem que fosse necessário fazer esse tipo de parceria. Outros usuários escreveram que se imunizar ou não é uma escolha individual, e que não concordam com a postura da Maison.

Ana Paula Barcellos

Escritora, designer de joias artesanais, marketeira e pesquisadora de tendências. Trabalha com as marcas Pinacola e Ana Diana.

Foto: Valentino

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.