Você pertence a qual geração? E o que isso importa para o consumo? Entenda

A definição de geração se refere a um grupo de pessoas nascidas em um mesmo período, que têm uma experiência comum e expressam um determinado modo de vida.

A partir disso, as organizações estão cada vez mais interessadas em entender os comportamentos dessas gerações em termos de hábitos de consumo e estilos de vida. Portanto, muitos estudos têm sido realizados para compreender o comportamento delas.

Já parou para pensar a que geração você pertence?

A literatura aponta várias gerações e seus respectivos intervalos de nascimento. Porém, segundo alguns autores, pode haver algumas divergências nas datas estipuladas, variando de 3 a 4 anos.

Temos então as gerações:

• Baby Boomers: após a segunda guerra (1946 a 1964)
• Geração X: nascidos entre 1965 e 1984
• Geração Y (millennials): nascidos entre 1985 e 1999
• Geração Z: nascidos entre 2000 e 2010
• Geração Alpha: a partir de 2010

De acordo com a pesquisa, as características da geração Baby Boomers – que são considerados pais da Geração X e avós da geração Y e parte da Geração Z, são:

I. Possui renda mais consolidada.
II. Sofre pouca influência da marca no momento da compra.
III. Apresenta maior preferência por produtos de alta qualidade.
IV. Experiências passadas servem de exemplo para consumo futuro.
V. Não se influencia facilmente por outras pessoas.
VI. Não vê o preço como obstáculo para perseguir um desejo.
VII. É firme e maduro nas decisões


A Geração X, filhos dos Baby Boomers e os pais das Gerações Y e Z, já apresenta esse perfil:

I. Busca da Individualidade sem a perda da convivência em grupo.
II. Maturidade e escolha de produtos de qualidade.
III. Ruptura com as gerações anteriores.
IV. Maior valor a indivíduos do sexo oposto.
V. Busca por seus direitos.
VI. Respeito à família menor que o de outras gerações.
VII. Procura de liberdade

Por outro lado, a geração Y, filhos da Geração X e netos dos Baby Boomers:

I. Estão sempre conectados.
II. Procuram informação fácil e imediata.
III. Preferem computadores, e-mails a livros e cartas
IV. Digitam ao invés de escrever.
V. Vivem em redes de relacionamento.
VI. Compartilham tudo o que é seu: dados, fotos, hábitos.
VII. Estão sempre em busca de novas tecnologias.


Por fim, temos a Geração Z e a Geração Alfa, que por sua vez começaram com a inclusão digital e têm maior facilidade de acesso à internet. Mas essas duas merecem uma coluna própria. Na próxima semana.

Então, o perfil de cada geração acima faz sentido para você?

Fique tranquilo, não há necessidade de calcular sua idade.

Fique por dentro. Boa semana. Gratidão!

Cláudio Chiusoli

Professor de Administração na UNICENTRO – Universidade Estadual do Centro Oeste /PR. Economista formado pela UEL. Pós-doutor em Gestão Urbana pela PUCPR.
Mande sua sugestão ou dúvidas para prof.claudio.unicentro@gmail.com. Acompanhe meu canal

Foto: Pixabay

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *