De novo?

Por Rogério Rigoni

Fala, meninas e meninos do Rock!

De novo? Sim! Vou bater nessa tecla mais uma vez.

Bandas, por favor coloquem o nome da cidade de vocês! Tanto no Instagram como no YouTube.

Na página oficial da banda no YouTube tem o “sobre”, ali vocês podem colocar o release da banda, seja ele curto, ou comprido, mas falem um pouco da sua banda, principalmente a cidade. Não dói, não! Eu fico com a impressão que vocês têm preguiça de ler. Por isso não escrevem.

Quando eu gosto de uma banda, vou lá no YouTube, acho a página da banda e entro direto no “sobre”, para saber um pouco da história da banda e principalmente de qual cidade é. Cara, a maioria não tem nada escrito, o máximo que tem lá é: país Brasil. Isso eu já sei. Cadê cidade? Cadê a história da banda? Seus integrantes? Onde está o maldito DNA?

Não estou falando de bandas consagradas, estou falando das bandas do underground, que é a praia que nado, aquela há qual sei se é fundo ou rasa. Poxa, meninas e meninos das bandas, me ajuda ai, pô!

Além de falar como fã, eu e minha esposa falamos pelos dois programas que temos na rádio, Antena Zero. Um divulga a cena underground do Paraná (DNA Rock Paraná), o outro os demais estados do Brasil (DNA Rock Brasil), esse ainda vai estrear.

Agora complicou mais ainda. Como vamos saber de qual cidade e estado as bandas são? Como vamos saber em qual programar tocar a banda X ou Y?

Está mais que na hora das bandas “Independentes Autorais” começarem a se ligar nessa “parada”.

Já teve casos de eu achar várias bandas muito legais e não conseguir descobrir de qual cidade e estado elas são, para tocar no programa. E pasmem vocês, eu tentei entrar em contato via direct depois de pesquisar muito e não achar qualquer informação e não tive um retorno sequer dessas bandas.

Por essas e por outras, que venho escrever mais uma vez, sobre a importância de colocar o nome da cidade e estado, da banda. Tanto no Instagram, assim como no YouTube.

Na primeira matéria que escrevi sobre este assunto, notei que muitas bandas que não tinham colocado cidade e estado, colocaram e ainda mais: fizeram um release no canal oficial da banda no YouTube. Isso me deixou muito feliz. Pois assim sei em qual programa elas vão tocar.

Deixa eu contar uma história legal!

Essa semana, conheci uma banda punk muito foda. No Instagram deles não tinha o nome da cidade nem o estado. Entrei em contato via direct, perguntando sobre isso. Não demorou muito a Déby (vocal e guitarra) me respondeu: “Somos de POA, no Rio Grande do Sul”. Até então quase tudo resolvido.

Foto: Acervo da banda

Pelo WhatsApp, comentei com ela a dificuldade que eu tinha a respeito disso e falei que iria escrever mais uma matéria falando sobre esse assunto. Rapidinho, Déby já se ligou e colocou o nome e estado da onde a banda é, tanto no Instagram e no canal oficial da banda no YouTube. Ela também acrescentou no “sobre” o nome da cidade junto com os nomes dos integrantes que já estavam lá, que são: Eduardo (bateria), Déby (vocal/guitarra) e Chiara (baixo/backs). Olha que demais! Agora tudo foi resolvido.  Esse power trio forma a banda punk FONTOREX.

Quero agradecer a Déby por ter aceitado a minha sugestão e acrescentado a cidade natal da banda. (Valeu pela foto também) Vida longa – FONTOREX POA/RS.

Outra banda que também fez o dever de casa foi a EIXO KARDAN. Formada por: Janser (vocal), Breno (guitarra), Daneves (bateria), Paulo Risseto (baixo) e Alquimista (compositor oficial), a Eixo Kardan carrega com orgulho o nome de Cruzeiro do Oeste (PR), tanto no Instagram, como na página oficial da banda no YouTube. É isso ai meninos!

Eixo Kardan – Foto: Acervo da banda

Parabéns a todas as bandas que estão juntas nesta campanha

Bora de nome e estado?

BORA PRO ROCK!

Rogério Rigoni

Foi comerciante a vida toda, se rebelou e assumiu seu lado de escultor. A música que sempre foi sua paixão! Rock and roll na vida e na arte!

Foto: Acervo da banda Fontorex

Compartilhar:

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.