Preço do combustível? Entenda como é a composição na estrutura de custo

Nessa “loucura” de compreender a alta dos preços dos combustíveis, compartilho algumas explicações com fontes em sites que esclarecem ou, pelo menos, minimizam nossas dúvidas a respeito do valor do combustível.

A informação nesse contexto é muito importante, para não se tirar conclusões precipitadas ou equivocadas de qualquer natureza.

Primeiramente registro que no site da Petrobrás é possível, de certa forma, compreender esse momento. Mas como se dá a composição do custo do combustível?

Em resumo, esclarece que os custos compõem-se de 4 fatores essenciais:


1) O custo da produção ou da importação da gasolina;
2) A carga tributária que varia de estado para estado;
3) O custo do etanol obrigatório na mistura;
4) E as margens da distribuição e revenda em cada posto de combustível.

Além disso, torna-se importante destacar que:

Aspecto 1 – Os preços nos postos não são controlados pela Petrobrás e os combustíveis derivados de petróleo são commodities cujos preços são atrelados ao mercado internacional.

Aspecto 2 – Baseada na Lei 9.478, a lei do petróleo, não há mais monopólio neste setor no Brasil desde 2002, como muitos acreditam.

Aspecto 3 – A edição do etanol é uma obrigação legal dos distribuidores de combustíveis e seu custo pode variar de acordo com a região e a carga tributária de cada estado.

Quanto a composição de custos do preço da gasolina na região Sul do Brasil (em %) encontra-se na seguinte forma:

• Preço da gasolina comum: 30,8%;
• Preço do etanol: 13%;
• Custo de transporte e margem de distribuição: 3,6%;
• Tributos Federais: 15,9%;
• Tributos Estaduais: 27,7%;
• Margem bruta de revenda nos postos de gasolina: 9%;
• Totalizando: 100%
Fonte

Outro fato interessante, se desejar ter uma melhor explicação da logística do combustível da extração, produção, distribuição e revenda nos postos, vale a pena conferir esse vídeo, é didático e rápido (menos de 2 minutos).

De qualquer forma, alinhado a tudo isso, indico um site, o Calculadora de Combustível, que auxilia para saber quando é mais vantajoso financeiramente abastecer a álcool ou a gasolina, conhecida como a “regra dos 70%”. Acesse aqui.

Fica a dica, faça o teste. Desejo uma excelente semana!

Cláudio Chiusoli

Professor de Administração na UNICENTRO – Universidade Estadual do Centro Oeste /PR. Economista formado pela UEL. Pós-doutor em Gestão Urbana pela PUCPR. Facebook: fb.me/claudio.luiz.chiusoli
Instagram: @claudio.chiusoli
Linkedin: https://br.linkedin.com/in/claudio-chiusoli-50819531
Mande sua sugestão ou dúvidas para prof.claudio.unicentro@gmail.com. Acompanhe meu canal do YouTube

Foto: Andrea Piacquadio no Pexels

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *