Visita de Lula a Londrina gera polêmica

Até boletim de ocorrência na polícia já foi feito por ameaças

Mirella Fontana

O LONDRINENSE

O ex-presidente Lula e a presidenta do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, participarão da “Jornada de Solidariedade: Rumo aos Comitês Populares no assentamento Eli Vive” neste sábado (19), em Londrina.

O encontro pretende reunir 10 mil pessoas e está sendo organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A ação será restrita a convidados e a previsão é de início às 10h.

Mas nem tudo são flores, como gostariam os organizadores do evento. A visita de Luís Inácio não está agradando a todos, o que já era de se esperar, já que Londrina possui um grande número de bolsonaristas e antipetistas.

Além de ser recebido com outdoors que estampam os dizeres “Aqui esse ex-presidiário é reconhecido como traidor da pátria. Fora…Maldito!”, instalado na Zona Norte da cidade, uma outra polêmica já rendeu até boletim de ocorrência feito pelo PT.

Conforme o blog Paçoca com Cebola, a polêmica envolveu o assessor de gabinete da vereadora Jessicão, Simei Florêncio Fernandes. Segundo o blog, Simei gravou um vídeo, veiculado no Tik Tok, em que diz: “Não vamos deixar esse vagabundo pisar em Londrina, saí daqui numa boa”.

Parece que o sábado promete muita agitação política na cidade…

Compartilhar:

1 comentário

  1. Já houve tempo que Londrina recebia com mais decoro aqueles que a visitavam!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.