Skip to content

Tia Telma Responde: Peguei meu marido vestindo minhas calcinhas. E agora?

Sou casada há oito anos e nossa vida sexual sempre foi bem gostosa, cheia de tesão. Meu marido sempre gostou de me ver em lingeries sensuais e vive me dando presentes desse tipo. Adora transar comigo usando peças sexys. Mas agora o flagrei vestindo minhas calcinhas e sutiãs. Ele jurou que só queria ver qual era a sensação e que era a primeira vez. No entanto, fiquei com medo dele ser gay. O que faço?

Cara leitora, antes de mais nada, calma. Não é porque seu marido tem tara por lingerie que ele é gay. Esse tipo de fetiche é bem comum, embora seja muito discreto. A maioria dos homens que o tem – e praticam – dificilmente vai admitir. Isso só acontece em casos de flagrantes como aconteceu com você. E isso, em nenhum momento, está ligado à homossexualidade.

A tara por lingerie feminina é algo que vem desde que se inventaram essas peças íntimas. A partir do momento em que se passou a esconder a nudez sob as roupas, criou-se “o mistério do corpo”. Saber ou ver a cor da calcinha da prima (ou coleguinha) é um dos maiores desejos dos meninos quando entram na puberdade. Muita punheta foi tocada lembrando a nesga da calcinha ou do sutiã, visualizada rapidamente em um momento de distração da menina. Com o tempo, a maioria perde o interesse por essas peças e passa a se preocupar com o recheio delas. Mas, para alguns, a experiência foi tão intensa e prazerosa, que fica marcado pra vida toda.

Alguns desses rapazes se satisfazem vendo a parceira usar lingeries escolhidas a dedo. Tenho um amigo que sofreu com a namorada porque, por mais que ele pedisse, ela sempre acabava tirando as peças na hora do sexo. Isso acabou com o namoro. Mas está tudo bem, ele arrumou outra namorada que gosta de usá-las e estão felizes.

Alguns, no entanto, desenvolvem o fetiche ao extremo. A peça íntima passa a ser o objeto do desejo. Em casos mais raros, dispensam até a parceira, focando-se só na peça. Esses precisam de ajuda profissional porque nada que impeça a interação entre dois seres na hora do sexo é bom. Sempre é sinônimo de distúrbio.

Boa parte, porém, cai no fetichismo transvéstico, uma das formas mais comuns do cisvestismo, que é o prazer de se fantasiar para o sexo. O fetichismo transvéstico é bem isso: homens heterossexuais que sentem prazer em usar lingerie feminina. Com nossa cultura latina e machista, a maioria opta por esconder da parceira, como medo exatamente de pensarem que são gays. Mas, fica tranquila. Em 90% dos casos, esse fetiche é mais ligado ao hetero.

Geralmente, esses caras usam calcinha como uma terapia contra ansiedade e depressão, já que a peça dá um prazer enorme a eles. Só o prazer de sentir a peça – geralmente macia e sedosa – junto à própria pele acalma e desestressa.

Então, em vez de julgar seu marido, converse com ele, entenda suas necessidades e apoie. Pode ser que você dois passem a curtir ainda mais o sexo, sem segredos entre ambos.

Mande sua pergunta para o email telma@olondrinense.com.br

Telma Elorza

Jornalista profissional, palpiteira e galhofeira. Adora dar pitaco na vida dos outros enquanto vai levando a sua na flauta.

Foto: Daria Rem no Pexels

Compartilhar:

21 Comentários

  1. Meu marido usa comigo, me revelou tem uns 2 anos durante uma brincadeira erótica, entendi numa boa, acho muito legal, usamos as mesmas tanguinhas, meias, camisolinhas, etc…e haja sexo! Ferramenta sempre apontando pro céu…rsrsrsrsrs

    1. Legal, eu gosto de usar TB
      Minha esposa não fica muito a vontade vendo eu assim , mas gosto de usar lingerie para ela , não curto homens.

    2. Ola,
      Lá em casa tbm é assim, estou sempre de calcinha. Uso diariamente, até para trabalhar. Ja esta normal para nós. Inclusive minha esposa que compra para mim.
      Se quiserem, escrevam: Luiz Silva
      luizsilvacd2022@gmail.com

  2. Olá,
    Que coisa mais excitante ter uma esposa que compartilha as calcinhas e outras lingeries.
    Tive essa experiencia com minha ex, foi muito bom e excitante. Compravamos muitas calcinhas e nos davamos de presente. Era puro tesão, muitas vezes um escolhia a calcinha que o outro ia vestir.
    Hoje continuo usando calcinhas todos os dias ….tenho quase 180 calcinhas e alguns sutiã, cinta liga, micro saia, meias 7/8.
    Gostaria muito de compartilhar experiencias com vc…contar nossas historias e até trocar algumas fotos o qual gostaria muito.
    Meu nome é Carlos e meu email é fetichecalc@hotmail.com
    Gostaria que vc me escrevesse

    1. Tudo mentira. Seu marido pode não gostar de homem, eu também não gosto. Mas quando eu coloco uma calcinha fio dental é porque estou com vontade de ser comido. Me sinto feminino, com vontade de ser possuído por um homem. E qualquer homem que gosta de usar tem o mesmo desejo que eu. Pode não gostar de homem, mas tem vontade de dar pra um.

  3. Sou, muito bem casado e compartilhamos calcinhas, e camisolas, embora cada um tem as suas e ela me presenteia inclusive.
    Uso calcinha, mini e micro saia também
    Gostaria muito de compartilhar experiências com Vcs.
    Meu nome é Cláudio e meu email é tudopeladinho@hotmail.com
    Gostaria que me escrevessem

    1. Minha esposa está aceitando agora e acho que logo ela estará pedindo pra eu usar sempre

  4. Que legal que vcs tem um relacionamento aberto, isso é muito bom.

  5. Nossa parabéns pra vocês,,c existe
    amor, entre vcs é oque vale,,o resto é história…isso é uma delícia ,a vida é muito curta pra não curti,,as coisas boas da vida…

  6. Vc é um kra de muita sorte não deixe essa mulher por nada queria que a minha fosse assim eu seria muito feliz

  7. Confesso que tenho uma tara por usar as calcinhas da minha esposa, ainda mais as fio-dental que ela tem. Gosto de tirar fotos pra ver como ficam em mim e isso me deixa muito excitado. Ela nunca me pegou assim e não sei qual seria a reação dela, mas eu adoro! Já postei as minhas fotos em sites e o homens adoraram… eu eu também!

  8. Sou casado vinte anos, com dez anos de casado fui surpreendido por um pedido da esposa q eu usasse uma calcinha dela para ela realizar uma vontade q tinha , aceitei a ideia, confesso que aquele dia foi uma noite de muita intensidade nunca havia ficado tão ecitado daquele jeito, ela então surrsurava muito ,enfim de lá pra cá são muitas experiências em lugares normais hotel ,em casa ,hotel fazenda na madrugada ao ar livre, viagens ,só não curtimos terceiros, eu ainda as vezes posto algumas fotos de calcinhas mais ela não curte tamb não me impede postar minhas fotos ,sei que é realmente muito gostoso principalmente quando é em concordância do casal ,assim fica ótimo inexplicável o prazer …

  9. Eu também gosto mas minha esposa cano aceita o word devo fazer para ela aceitar?

  10. Sou casado a mais de vinte anos no início do casamento minha esposa pediu pra mim vestir uma calcinha dela fiquei tão excitado foi tanto sexo naquela noite que eu fiquei impressionado e sempre eu usava camisinha com ela fiquei mais apaixonado e alucinado por minha esposa mas pôr via das dúvidas em algum tempo atrás começou a disfazer de mim em festas com a família hoje perdi a vontade de me arrumar de sair trabalho o tempo todo mas estou em casa onde moro pra trabalhar e só fico de calcinha

  11. Que maravilha!
    Eu recentemente resolvi falar com a minha esposa que desde oito anos de idade eu gostava de vestir as calcinhas da minha irmã e sempre fiquei exitadissimo com isso. A minha esposa no início que eu contei ficou muito chocada com essa história, mas eu falei pergunte tudo que eu lhe respondo. E a preocupação maior dela era se eu iria virar gay. Eu falei com ela que não iria virar gay, mas eu gosto de me sentir mulher e mostrei a ela o strapon e ela passou a usar em mim e nossa relação sexual deu um upgrade enorme. Estou muito feliz e realizado com ela. Vivemos fantasias intensas na hora da relação sexual.

  12. Galerinha,
    Tbém, uso. Eu e a Katia temos uma relação bem aberta. Em 2015 flagrou-me mexendo na sua gaveta de calcinha. Fiquei sem ação. Ela abraçou-me, trocamos um beijo e ajudou-me a escolher uma, mas não usei. No dia seguinte tivemos uma rápida conversa sobre o assunto, mas ela percebeu meu embaraço.
    A noite fomos a um encontro de amigos, jogar conversa fora. E foi aí que ela surpreendeu-me.
    Qdo fui vestir a cueca, não deixou, presenteou-me com 3 calcinhas. Pediu que eu escolhesse uma e vestisse. Vesti.
    Ao voltarmos, desejou ir a um “ Drive “; fomos. Lá ela ficou à vontade, qto a mim, pediu que não tirasse a calcinha; percebeu ainda o meu embaraço. Conversamos, de novo, sobre o assunto.
    As outras duas ela tinha levado e pediu que as vestisse tbém. Vesti.
    Depois dessa noite, tivemos outras conversas, mostrou-me que meu comportamento não afetava a vida do casal.
    Hoje, uso sem traumas; no trabalho, etc…só tenho o cuidado para nossa filha de 21 anos não perceber e por causa disso minhas calcinhas tem uma marca na etiqueta e ficam na gaveta da Katia.
    Até absorvente às vezes uso; uma vez usei pelo período que ela ficou.
    Hoje, curtimos inversão de papel.
    A vida segue !

  13. Uso calcinhas aproximadamente desde 08 anos de idade ….namoro a mais de 15 anos desde uns 10 anos pra uma noite tirei a calcinha da minha namora e vesti pra fazermos 1 sexo ela não gostou muito mas deste dia pra cá comecei a usar frequentemente com ela pra fazer sexo ela não gosta mas já acostumou tenho mais de 450 peças de lingerie dentre calcinhas e sutiã

  14. Uso calcinhas e sutiã discretamente no dia a dia não consigo ficar um dia sem usá-las descobri um site chinês que vende lingeries muito diferentes das brasileiras nem compro mais lingeries no Brasil

  15. Nossa como vs são sortudos de ter uma mulher q aceita todas essas coisas relatas!!!
    Eu de uns tempos pra cá comecei a usar as calcinhas da minha mulher. Quando ela sai pra trabalhar eu corro pra por uma e me cinto bem com um prazer muito bom…
    Mais tenho certeza q ela não vai aceita se eu conta! Já pedi inúmeras vezes pra fazer uma troca de papeis no sexo e ela não aceita. Acha que é coisa de viado!!! Já conversei várias vezes sobre isso mostrei inúmeras de relatos e até especialistas falando q normal fazer. Mais ela não aceita! Ainda por não perdi a esperança ainda…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.