Skip to content

Por que a mulher perde o tesão depois que casa?

Por Telma Elorza

“Casei há pouco mais de quatro anos e me sinto enganado. Minha esposa, que era tão fogosa, agora vive arrumando desculpas para não transarmos. Vive dizendo que está cansada, que não dá conta do trabalho e da casa e que precisa dormir. Não sei mais o que faço. Morro de tesão por ela e tenho me acabado na punhenta. Por que a mulher perde o tesão depois de casar, tia Telma? Tem solução?”

Nossa, há tanta coisa aqui, que gostaria de falar, mas vou começar sendo direta: o senhor, caro leitor, já parou para pensou que ela está mesmo cansada? Que não é só uma simples falta de tesão, mas que ela está sobrecarregada, precisando dar conta de tudo dentro e fora de casa, enquanto o senhor fica de boas?

O senhor já pensou em dividir as tarefas domésticas com ela? Faz sua parte na residência em que mora? Ou o senhor é daqueles que chegam em casa, abrem uma cerveja e sentam no sofá sem se preocupar se ainda há roupa para passar, casa para limpar, comida para fazer, banheiro para lavar, cuidado com as crianças, achando que tudo isso é responsabilidade “de mulher”?

Se o senhor passou sua noite assistindo futebol enquanto sua mulher cuidava de todo o resto da casa e agora está pronto para uma sessão de sexo fogoso, lamento informar que ela não vai ter a mínima vontade de trepar, meu senhor. Ela está cansada, exausta, sobrecarregada. Ela trabalhou que nem uma burra de carga e não vai suportar aguentar mais um animal em cima dela.

O senhor me parece exatamente aqueles caras que perguntam porque a mulher dele “embarangou” enquanto a do “doutor” ali está cada dia mais linda, se cuida, faz ginástica, faz as unhas, o cabelo e só fica melhor quanto mais o tempo passa. O motivo das duas situações é exatamente a mesma coisa, o senhor e o cara da esposa embarangada: porque são dois filhos da puta, que não são capazes de ver que a mulher não dá conta de fazer tudo sozinha. Porque são dois animais que não levantam a bunda do sofá para ajudá-la e ainda querem ter o bom e o melhor. Ah, te catar, meu senhor.

Ah, no caso da “embarangada”, será que ela embaragou porque quis ou porque casou um pobre que reclama do gastos das unhas, do cabelo, da academia?

Não há tesão que resista ao cansaço e à falta de respeito

O senhor tem que se conscientizar que, enquanto você for esse jumento com antolhos que parece ser, sua mulher nunca mais vai estar disposta a praticar sexo com você. Porque se não houver um alívio na vida dela, o tesão vai embora. Não há tesão que resista ao cansaço e à falta de respeito que você parece demonstrar. Você casou com uma mulher fogosa, mas a transformou numa empregada.

Então, minha sugestão, meu senhor, é que pare de reclamar da falta de tesão e pegue uma vassoura e vá lavar o banheiro, fazer comida e lavar a louça. Comece a fazer mais da metade das tarefas domésticas para dar tempo para sua esposa se preparar, tomar um banho demorado, se perfurmar e ficar lindinha para um sexo ardente. “Ah, mas isso é coisa de mulher”. Então seja macho e pague uma empregada, porra.

Espero ter ajudado

Tem dúvidas sobre sexo? Mande sua pergunta para telma@olondrinense.com.br

Depois de alguns anos de casada, a mulher perdeu o tesão. Mas será que é um problema ou só cansaço?
Tia Telma versão Inteligência Artificial

Quem é Tia Telma?

Jornalista, divorciada, xereta por natureza e que sempre se interessou muito por sexo. Com a vida, aprendeu várias coisas, mas a principal é que sexo é uma coisa natural e deve ser sempre prazeroso.

Leia mais colunas Tia Telma Responde

Siga O LONDRINENSE no Instagram e Facebook

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.