Skip to content

Para as meninas: oito dicas para encontrar um cara legal no Tinder

“Eu desistindo de namorar. Sem poder ir a festas e baladas por causa da pandemia (sou consciente, e não vou por a vida dos meus pais e dos outros em risco), só me resta o uso de aplicativos , como o Tinder. Mas só encontro caras escrotos, que só querem saber de sexo fácil e nada de namorar. Como faço para encontrar um cara legal?”

Foto de cottonbro no Pexels

A reclamação veio por email, mas sempre escuto a mesma coisa de amigas que também tentaram usar o Tinder e se deram mal com os boy-lixo (para quem não conhece a expressão, são aqueles caras mal intencionados, que tratam as mulheres com desprezo e desrespeito. Ou seja, uma boa parcela da população masculina, infelizmente). Parece que há um enorme desencontro entre o que as mulheres e os homens querem desses aplicativos. Principalmente aqui, no Brasil, onde ganharam o apelido de “aplicativos de pegação”. Porque, enquanto em outros países são usados para encontrar parceiros para uma relação séria, aqui virou sinônimo de sexo fácil.

Não que seja errado ter relações casuais, sem compromisso. Pelo contrário, acho muito saudável. Desde que se tomem as devidas precauções contra IST (infecções sexualmente transmissíveis), claro. Mas, em tempos de pandemia, esse tipo de relação é um perigo extra. Então, nada mais consciente que buscar um relacionamento duradouro, mantendo os dois e as pessoas à sua volta saudáveis.

Para ajudar quem pensa assim, elaborei algumas dicas para tentar encontrar um parceiro fixo no Tinder. As dicas são baseadas em minha experiência com o aplicativo, embora faça um tempinho que não entre lá (não quero nem arriscar com o covid-19). Confira:

Dica 1 – Antes de dar o like, observe bem as fotos que o cara posta. Se só tem foto de balada, churrasco, grupo de amigos, pode contar que esse é um daqueles que só estão buscando sexo fácil e não querem se comprometer. O cara pode até ser legal, mas compromisso passa longe dali. Se não é isso que quer, não curta.

Dica 2 – Geralmente, os mais sinceros falam, na descrição pessoal, que não querem compromisso. Ali também, às vezes, você pode descobrir sua preferência política. Hoje, isso pode ser um empecilho para relacionamentos saudáveis. É bom conferir antes do match e evitar, se o cara pensar muito diferente de você.

Dica 3 – Evite perfis sem fotos pessoais ou com fotos de artistas, carros, motos ou algo aleatório, como um meme. Isso indica que o cara é, com certeza, casado. Solteiros não se escondem no Tinder.

Dica 4 – Evite os perfis de caras que fazem muitas exigências na descrição. Sim, há alguns que definem o tipo de mulher que querem encontrar. Esses, com certeza, têm algum problema sério. Mesmo que você se encaixe na descrição, fuja. Pode ser um cara abusador, desses que querem controlar tudo na sua vida.

Dica 5 – Fugiu de todos os caras acima e deu match com um que achou legal? Converse algum tempo pelo próprio aplicativo antes de passar seu WhatsApp. Caras que falam “ah, eu quase não entro aqui” estão mentindo. Se você passar logo o Whats, é capaz de receber uma foto não solicitada do pau. ou um “manda sua foto de agora”. Corre o risco de ser um boy-lixo travestido de bom moço.

Dica 6 – Também evite os que demoram dias para responder ou que só entram no Tinder de madrugada. Pode ser realmente que tenham estado ocupados, mas, se estiver realmente interessado, vai dar um jeitinho de responder em qualquer hora do dia. Os caras que demoram para responder ou só respondem de madrugada têm grandes probabilidades de terem namoradas.

Dica 7 – Não deixe a conversa desviar para sexo logo de início. Tente conversar sobre assuntos gerais, conhecer mais o cara antes de falar sobre um assunto tão íntimo. Boa parte deles pergunta o que você está buscando no Tinder. Responda que quer conhecer pessoais legais. Sim, seja genérica. Os caras que querem só sexo já vão dar um indicativo nessa hora.

Dica 8 – Existem muitos caras legais no Tinder. Não desista na primeira tentativa. Ou depois de duas ou três. Conheci alguns que viraram namorados e outros que viraram amigos. O segredo é persistir. Uma hora encontrará o seu cara legal.

Mande sua dúvida para o email telma@olondrinense.com.br

Quem é Telma Elorza, a Tia Telma?

Jornalista, divorciada, xereta por natureza e que sempre se interessou muito por sexo. Com a vida, aprendeu várias coisas, mas a principal é que sexo é uma coisa natural e deve ser sempre prazeroso.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.