Skip to content

Guia prático para fazer uma mulher gozar

Por Telma Elorza

“Tenho 21 anos e ainda não descobri o que as mulheres querem, principalmente na hora do sexo. Não sei o que elas gostam, elas não dão uma dica e acabo sem saber se estão gostando ou fingindo. Isso me deixa confuso, mas não tenho coragem de conversar com meus amigos sobre o assunto, porque todos parecem saber exatamente o que fazer. Como entender a cabeça delas e me tornar bom de cama?”

Ah, rapaz, a cabeça da mulher é a coisa mais louca que existe e nem nós nos entendemos direito. Mas, primeiro, deixa eu lhe dar os parabéns por vir perguntar a uma mulher sobre o assunto em vez de procurar os amigos ou, pior, vídeos pornôs. Esqueça os vídeos pornôs, se você que realmente se tornar bom de cama. Aquilo lá é apenas ficção e não reflete os desejos sexuais das mulheres. Elas estão lá fingindo, são atrizes pagas para serem objetos sexuais. Não há nada real nos pornôs. Talvez haja um pouco de realidade nos vídeos caseiros. Mas o resto, delete da sua vida (ou não, mas tendo em mente sempre que é um filme como outro qualquer).

Além disso, é duplamente louvável querer ajuda, por causa da sua idade, bem novinho. Nessa idade, a maioria não está nem aí para o prazer da mulher e quer mais é se dar bem, ou seja: gozar apenas.

Mas também é provável que também tenha pego apenas mulheres da sua idade, para mais ou para menos. Isso certamente explica porque elas não dão dicas. A inexperiência delas deve ser maior que a sua. Nem elas sabem direito o que gostam e, se sabem, não têm a autoconfiança suficiente para falar que você está fazendo errado. Uma boa alternativa é aprender com mulheres mais velhas, mais experientes. Essas estão numa outra fase da vida e não querem perder tempo esperando que o homem adivinhem o que elas gostam. Vão lá e mostram.

Feitas essas ressalvas – e se mulheres mais velhas não lhe interessa -, vamos lá, dar algumas dicas, quase num guia prático de como fazer uma mulher gozar gostoso.

Guia prático

Você está com dificuldades no sexo, mas não sabe onde buscar ajuda? Esqueça os pornôs e leia esse guia prático

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que, ao contrário dos homens que tem uma ereção rápida e já estão quase prontos para gozar, a mulher se excita mais lentamente. O orgasmo feminino é um pouco mais difícil de alcançar justamente porque a excitação deve ir crescendo até o momento que ela está realmente subindo pelas paredes.

Por isso, é preciso investir nas prelimares, sem pressa e com muita paciência. Nada de duas lambidinhas e já querer meter. Se segura, rapaz. Você vai ficar mais excitado ao ver a reação dela, mas é essa hora que diferencia homens que sabem fazer as coisas dos fode-mal.

Invista em beijos longos, em carinhos no pescoço, na parte interna dos braços, nas laterais dos seios, na barriga, na parte interna das coxas, atrás dos joelhos, pés, costas, bumbum. Explore sem medo e com carinho. O corpo inteiro é uma zona erógena a ser explorada, beijada, acarinhada com as pontas dos dedos. Com isso ela já vai estar relaxada e pronta para novas fases.

Dê atenção especial aos seios . Eles merecem que você se dedique sem pressa, sem afobação. Misture chupadas nos bicos com massagens suaves (nada de apertar com força, embora algumas gostem disso também), lambidas e sucção, como se estivesse mamando. Fique aí por um bom tempo. Nessa hora, você já vai começar a perceber que a mulher começa a se contorcer, o que indica que está sendo bem estimulada. Já pode baixar a mão para fazer estímulos manuais na região da vagina e clitóris. Sempre muito suave, nada de esfregar rápido. Muito menos dar tapas (essas coisas ridículas que se vê em vídeos pornôs).

O próximo passo é um oral bem feito. Você pode explorar toda á area, não apenas o clitóris (aliás, você sabe ele onde fica, né? Por incrível que pareça, muito homens não sabem). Nesta coluna aqui, ensinei direitinho a fazer um oral caprichado. Leia e aprenda.

Com essas dicas, garanto que suas parceiras vão ter orgasmos (às vezes, mais de um numa relação, se aprender direitinho a fazer o oral) e que a cabeça feminina vai ser menos misteriosa a partir daí. Afinal, com um homem que sabe fazer um sexo bem feito, a mulher se abre mais.

Espero ter ajudado.

Tem dúvidas sobre sexo? Mande sua pergunta para telma@olondrinense.com.br

Quem é Tia Telma?

Jornalista, divorciada, xereta por natureza e que sempre se interessou muito por sexo. Com a vida, aprendeu várias coisas, mas a principal é que sexo é uma coisa natural e deve ser sempre prazeroso.

Leia mais colunas Tia Telma Responde

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.