Nestes tempos de isolamento social, nada melhor do que uma musiquinha pra embalar o tédio, chocalhar o esqueleto e mandar o baixo astral para bem longe. Recentemente retomei uma coleção de LPs – sim, os famosos “bolachões”, relíquias esquecidas no tempo que, com muito prazer, tenho me deliciado em cumprirLeia mais

Compartilhar: