O LONDRINENSE com Assessoria O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) determinou que Mauro Maggi, ex-diretor-presidente da extinta Autarquia Municipal do Ambiente (AMA) de Londrina, e Kakunen Kyosen, ex-presidente da antiga Companhia de Urbanização (Comurb) do mesmo município, restituam R$ 4.847.826,81 e R$ 27.590.603,74, respectivamente, ao tesouro local.Leia mais

Compartilhar: