Por Rogério Adriano Bosso, Psicólogo; e Alessandra Diehl, Psiquiatra Desde a era das cavernas, tem sido atribuído ao homem o papel de “macho alfa”, ou seja, aquele que domina e/ou controla todas as situações e os espaços que ocupa. Esse mito pode parecer interessante para muitos, no entanto, a masculinidade tóxica atreladaLeia mais

Compartilhar: