Skip to content

Qual deveria ser salário mínimo necessário? Entenda

Por Cláudio Chiusoli

Segundo o Dieese, qual deveria ser o salário mínimo necessário no Brasil? Escolha a alternativa:
a) R$ 5.657 – b) R$ 4.543 – c) R$ 6.349 – d) R$ 1.245

A pesquisa do Dieese aponta claramente o que é o salário mínimo nominal e o que é o salário mínimo necessário.
A diferença é que o salário mínimo nominal é um valor fixo, reajustado anualmente de acordo com os padrões estabelecidos pelo governo. O salário mínimo necessário é uma atualização monetária para manter o valor de compra da cesta básica, da moradia, vestuário e lazer.

Para calcular o salário mínimo necessário, o DIEESE considera as normas constitucionais de que o salário mínimo deve atender às necessidades básicas dos trabalhadores e de suas famílias, sendo esse valor igual em todo o país.
Ou seja, no cálculo é considerada uma família composta por 2 adultos e 2 crianças, partindo do princípio que consomem como um adulto.

Portanto, o salário mínimo necessário calculado mensalmente é uma estimativa de quanto deveria ser o mínimo atual.
Além disso, é uma ferramenta utilizada pelos sindicatos para monitorar o cumprimento da Constituição, que estabelece as bases para a determinação do salário mínimo do país.

Em contraste, na época do Plano Real (julho de 1994), o salário mínimo era de R$ 64,79 e o salário mínimo estimado em R$ 590,33, o que equivale a 9,1 salários mínimos.

Considerando que o salário mínimo atual de R$ 1.100 (setembro de 2021) e o salário mínimo necessário de hoje é estimado em R$ 5.657, o que equivale a 5,1 salários mínimos.


Então sobre a pergunta inicial, a resposta correta é a opção A.


Se você quiser entender a evolução histórica desde 1994, visite este site.

Fique por dentro. Boa semana. Gratidão!

Cláudio Chiusoli

Professor de Administração na UNICENTRO – Universidade Estadual do Centro Oeste /PR. Economista formado pela UEL. Pós-doutor em Gestão Urbana pela PUCPR.
Mande sua sugestão ou dúvidas para prof.claudio.unicentro@gmail.com. Acompanhe meu canal do YouTube e minhas redes sociais Linkedin, Facebook Instagram.

Foto: Pexels

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.