Skip to content

Já ouvi falar a respeito do Índice Big Mac? Entenda o que é

Achou estranho o título acima? Mas se pensou em uma marca de hambúrguer conhecido mundialmente, está correto.
Trata-se do índice Big Mac que é referência de comparação dos diferentes preços em todo mundo, uma vez que o hambúrguer da McDonald’s é padronizado em todo planeta.

Entendendo esse conceito, fica mais fácil compreender as diversas inflações no mundo inteiro, pois cada país tem sua realidade. E ainda é possível compreender quando uma moeda está valorizada ou desvalorizada.

Assunto que foi até pauta em uma matéria que alguém levou no grupo de Whatsapp que abordava sobre a inflação no mundo e que o Brasil estava entre os piores países.

O Índice Big Mac (The Big Mac Index) foi criado em 1986 pela revista britânica The Economist e usa um modelo para comparar preços de Big Macs. O modelo aborda as diferenças de poder de compra entre os países com atualização duas vezes por ano, janeiro e julho.

O índice serve como indicador para explicar um conceito econômico denominada “paridade do poder de compra” (PPC), tendo como referência os hambúrgueres do McDonald’s.

Mesmo sendo informal, a proposta é comparar o poder de compra, porque a cadeia de fast food existe na maior parte do mundo. A análise também leva em consideração o fato de que o produto é realmente o mesmo em todos os países onde é vendido, levando em consideração o custo de fornecê-lo e seu preço de venda.

O Índice Big Mac representa o preço em dólares americanos do sanduíche produzido e vendido pelo McDonald’s – usando os mesmos ingredientes – em vários países.

Nesse sentido, no longo prazo, a taxa de câmbio deve ser ajustada para que o valor de um dólar seja equivalente em qualquer país (igual poder de compra).

Exemplo: em julho de 2021 o Big Mac nos Estados Unidos era de US$ 5,65 e no Brasil US$ 4,36, portanto, no Brasil está mais barato, pois o valor do Big Mac era de R$ 22,9 (valor dividido pelo câmbio do período em R$ 5,25). Como conclusão:

  • Big Mac barato: se o Big Mac no Brasil for mais barato do que os Estados Unidos, significa que nossa moeda está desvalorizada em relação ao dólar americano.
  • Big Mac caro: se o Big Mac no Brasil for mais caro do que os Estados Unidos, significa que nossa moeda está valorizada em relação ao dólar americano.

Gostou do assunto? Você pode conferir mais informações aqui e aqui.

Fique por dentro. Boa semana. Gratidão!

Cláudio Chiusoli

Professor de Administração na UNICENTRO – Universidade Estadual do Centro Oeste /PR. Economista formado pela UEL. Pós-doutor em Gestão Urbana pela PUCPR.
Mande sua sugestão ou dúvidas para prof.claudio.unicentro@gmail.com. Acompanhe meu canal do YouTube e minhas redes sociais Linkedin, Facebook Instagram.

Foto: Reprodução da internet

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.