Prefeitura inaugura hoje o Tecnocentro de Londrina

O local foi estruturado para ser sede do Ecossistema de Inovação de Londrina, abrigando aceleradoras, empresas, startups e profissionais liberais, atuantes nos campos de tecnologia e inovação

O LONDRINENSE com Assessoria

A solenidade de inauguração acontecerá na sede do espaço, que fica na Rua Damaris Rosa de Menezes Monteiro, 333, e contará com a presença do prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, do presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan, e do presidente da Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento da (CTD), Luciano Kühl.

Foto: Emerson Dias / NCom

O Tecnocentro foi estruturado para ser sede do Ecossistema de Inovação de Londrina, abrigando aceleradoras, empresas, startups e profissionais liberais, atuantes nos campos de tecnologia e inovação, em modelo de coworking (espaço compartilhado). Também pretende sediar eventos do ecossistema da cidade como os hackathons, que são os eventos que propõem a inovação por meio de uma disputa positiva de ideias e de ações entre os envolvidos em prol da organização.

Foto: Emerson Dias / NCom

O Tecnocentro também será a sede da CTD, proprietária do imóvel, que faz a gestão do espaço junto com a Codel. O local possui área total de 3.150 m², divididos em pavimento térreo – que conta com estrutura para laboratório, empresas, recepção, auditório, escritórios, anfiteatro, sanitários, salas de reunião, cozinha e copa, arquivo e administração – e pavimento superior, que possui laboratório, sala de reuniões, recepção, áreas destinadas para empresas e sanitários. Também possui área externa, com estacionamento, áreas técnicas para equipamentos e guarita.

A construção do local teve início em 2002, mas sofreu diversas interrupções. Em 2019, as obras foram retomadas, com a liberação de aproximadamente R$ 2,9 milhões do Governo do Estado, via Secretaria do Desenvolvimento e de Obras Públicas. O Tecnocentro está entre as ações da secretaria estadual definidas como Centros de Desenvolvimento Econômico.

Com isso, a partir de 2019, o município de Londrina executou toda a estrutura do laboratório, o pavimento superior, o anfiteatro, a parte elétrica, reforma do transformador, inserção de refrigeração, piso e iluminação. A Prefeitura investiu mais R$ 932.196,65 em recursos municipais, para a inserção de aparelhos de ar-condicionado no local. A conclusão das obras ocorreu em setembro de 2021 e as instalações do sistema de refrigeração aconteceu no primeiro trimestre de 2022.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.