Prazo para a declaração anual dos MEIs é prorrogado até 30 de junho

Processo pode ser feito totalmente online pela Sala Virtual do Empreendedor; quem precisar de ajuda, de forma presencial ou por whats app, pode contar com o auxílio da Sala do Empreendedor

O LONDRINENSE com Assessoria

Todos os anos, os microempreendedores individuais (MEIs) precisam fazer a sua declaração anual de faturamento do simples nacional (DASN -SIMEI). Em 2022, o prazo para entregar a declaração iria até 30 de maio, mas o período para entrega da declaração foi prorrogado e os MEIs terão até o dia 30 de junho para emitir sua declaração.

A declaração pode ser feita direto pelo site da Sala Virtual do Empreendedor,  https://portal.londrina.pr.gov.br/saladigital. O whats app da Sala do Empreendedor está disponível para auxiliar no processo online pelo telefone 3373-5702. O atendimento onlline é das 8h às 14h.

Foto: Emerson Dias/NCom

Aqueles que tiverem alguma dúvida ou preferirem fazer o processo presencialmente podem ir até a Sala do Empreendedor, na rua Pernambuco, 162. É preciso apresentar o cartão de CNPJ e saber informar os valores totais do seu faturamento de 2021. Não é necessário agendamento e o horário de atendimento presencial também é das 8h às 14h.

A declaração que deve ser entregue, deve informar os valores e prestações de serviços realizadas pelos MEIs ao longo do ano de 2021. Isso significa que os empreendedores que iniciaram suas atividades em 2022 farão a declaração de faturamento apenas em 2023.

Os MEIs que encerraram suas atividades em 2021 não ficam desobrigados de fazer a declaração, Nesse caso, deve ser apresentada uma DANS Especial, informando a extinção do CNPJ. O MEI que perder o prazo de declaração recebe uma multa mensal que parte de R$ 50 ao mês, mas que varia conforme o faturamento.

O secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Gustavo Santos, pediu aos MEIs para que não deixem a declaração para a última hora. “A Sala do Empreendedor está a postos para ajudar os MEIs a emitirem suas declarações. É um procedimento simples e rápido, mas pedimos aos empreendedores que não deixem para fazer a DASN no final do período para que não ocorram transtornos pelo volume de atendimento que isso pode gerar”, reforçou.

O secretário ainda lembrou que as informações necessárias para a declaração são de fácil acesso e que isso é mais uma razão para já deixar a declaração pronta. “Não é necessário ir atrás de dados que não sejam do dia a dia do empreendimento. São informações que estão à mão, então basta fazer um visita rápida a Secretaria ou ao site da Sala Virtual e deixar a situação regularizada com antecedência”, pontuou.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.