Skip to content

Mulher na Política: Márcia Huçulak é nova colunista do O Londrinense

Deputada estadual escreverá todas as semanas, às segundas

O LONDRINENSE

Ex-secretária de Saúde de Curitiba e deputada estadual Márcia Huçulak é nova colunista do portal O LONDRINENSE. Na coluna “Mulher na Política”, ela vai trazer semanalmente informações, análises e comentários sobre temas de interesse público, sob o ponto de vista de quem defende a ampliação da participação feminina nos espaços de poder – tema de seu texto de estreia nesta segunda-feira (16).
“Estou muito motivada com a coluna”, diz Márcia. “Tenho certeza de que será uma troca muito positiva com os leitores. Espero estimular para que mais mulheres tenham vontade de participar da política, em seu sentido mais amplo.”

LEIA TAMBÉM

A experiência de Márcia Huçulak

Gestora pública com mais de 35 anos de experiência, Márcia liderou o enfrentamento da covid-19 em Curitiba, maior crise sanitária mundial em cem anos. Esse trabalho foi considerado de excelência no país, tendo Curitiba registrado uma das menores taxas de mortalidade entre as grandes cidades do país.
Em 2022, Márcia se elegeu deputada estadual pelo PSD. Foi a candidata (mulher) mais votada do estado e a mais votada (entre homens e mulheres) de Curitiba, com 75.659 votos.

Enfermeira formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), tem mestrado em Planejamento de Saúde pela Universidade de Londres e especialização em Saúde Pública pela Fiocruz.
Márcia é firme defensora da união entre a boa técnica e a boa política. “Uma depende da outra para que as políticas públicas tenham efetividade, que melhorem de fato a vida da população”, afirma.

A importância da mulher na política

O LONDRINENSE é totalmente a favor que mulheres ocupem mais e mais espaços políticos elegíveis. É a presença feminina na política que faz com que a sociedade avance em questões prioritárias como saúde, educação, assistência social, segurança pública, planejamento e urbanismo, habitação, empreendedorismo e empregabilidade. Enquanto as mulheres forem minoria nos cargos de poder e tomada de decisões, não haverá debate adequado, amplo e plural de pensamentos e pontos de vista.

Leia também – 35 anos da Constituição Federal e a proteção do consumidor – parte 2
Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.