Pipoca com Guaraná – Dicas de séries para quem é do bloco da Netflix

Em pleno Carnaval, tem gente que prefere ficar em casa, na boa, só assistindo um filminho. E veja só que coisa boa. O cinema sul-coreano tem sido o principal celeiro da inovação e criatividade no mundo, deixando Hollywood para trás, vide filmaços como “O Hospedeiro”, “Invasão Zumbi”, “A Criada” e tantos outros. E pelo jeito, toda essa inventividade também adentrou para o mundo das séries.

Lançada recentemente na Netflix, temos um exemplar brilhante do que se pode esperar daqui para frente deste país que tem se mostrado uma potência cinematográfica.  Estamos falando de “Kingdom”, a série de zumbis que é sucesso no mundo todo, já com uma segunda temporada garantida.

Aqui temos uma reconstituição de época sensacional, com uma fotografia belíssima é um elenco na medida, cujo rosto mais famoso é o da atriz Bae Doona, mais conhecida do público por “Sense8”, também da Netflix.

O mais interessante é que não podemos classificar a série apenas como mais um exemplar de filme de zumbis. Ela é muito mais que isso. Há aventura e batalhas épicas, um tipo de humor peculiar e que só os orientais conseguem fazer sem cair no constrangimento, intrigas políticas, ação e suspense, tudo embalado num drama medieval. Segure a ansiedade e embarque nessa jornada.

Outro lançamento que merece ser comentado é “Boneca Russa“, também disponível no serviço de Streaming. Com apenas oito episódios de 30 minutos cada, é um prazer acompanhar o drama vivido pela personagem da Natasha Lyonne, conhecida como a Nicky da série “Orange is The New Black”, que aqui prova ser uma excelente atriz.

Apesar de parecer que o roteiro é batido e cheio de clichês, dê uma chance que você irá se surpreender, pois as reviravoltas são constantes e incríveis. Portanto, quanto menos você souber, mais conseguirá tirar proveito da série e se emocionar, se surpreender e rir com as situações vividas pelas personagens. Ouso dizer que foi uma das melhores séries que vi neste ano. Para você que gosta de criar teorias e ficar brincando de antecipar o que vai acontecer na sequência, esta série é um prato cheio!

Por fim, mas não menos importante, finamente está disponível uma das séries mais aguardadas do ano: “The Umbrella Academy”, com 10 episódios no total.

Assim como no cinema, os heróis dos gibis invadiram as telinhas e aqui, apesar de não tão populares como Superman, Demolidor e X-Men, temos um grupo de superpoderosos desajustados que querem descobrir seu lugar ao sol. Ok, todos os clichês do gênero estão aqui, mas acredite, ainda há espaço para surpresas e elas são muito bem vindas para manter o interesse do público.

Fica o alerta: a série é diferente de tudo que você já viu e um tanto confusa, devido as idas e vindas temporais. Ela é excêntrica, mas você consegue criar laços com os personagens e acaba se envolvendo com os dramas de cada um. Uma crítica é que parte das resoluções propostas ora são superficiais demais, ora são previsíveis demais. Mas eu embarquei de cabeça na esquisitice, apesar de achar que os primeiros episódios foram lentos demais e os últimos apressados demais. Veja, tire suas próprias conclusões e me diga o que achou.

Foto: Divulgação

Marcelo Minka

Graduado em licenciatura em Artes Visuais, especialista em Mídias Interativas e mestre em Comunicação com concentração em Comunicação Visual. Atua como docente em disciplinas de Artes Visuais, Semiótica Visual, Antropologia Visual e Estética Visual. Cinéfilo nas horas vagas.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *