Skip to content

Empreendedorismo e sustentabilidade : o legado do Mulheraço na Expo sob a ótica do ESG

Por Adriana Pontin

O termo ESG, representando Governança Corporativa, Responsabilidade Social e Cuidados com o Meio Ambiente, ganhou destaque durante o Mulheraço na Expo, no dia 6 de abril, no Recinto Milton Alcover na Expo Londrina 2024. O evento atraiu mais de 200 participantes proporcionando uma reflexão profunda sobre práticas empresariais estratégicas, sustentáveis e inclusivas, com o intuito de transformar negócios e comunidades para as futuras gerações.

O Mulheraço proporcionou uma plataforma para empresários e líderes discutirem a importância da implementação das práticas recomendadas na Norma ABNT PR 2030 em suas organizações. Além de beneficiar negócios, essas práticas também promovem o bem-estar da sociedade e do meio ambiente, trazendo vantagens competitivas e impactos positivos para o negócio como um todo.

LEIA TAMBÉM

Sua programação foi planejada para desmitificar o conceito de ESG, oferecendo casos de sucesso e exemplos práticos de implementação de ações de longo prazo.

Desde a gestão de pessoas até a promoção da diversidade e inclusão, passando pela saúde mental dos colaboradores e desenvolvimento de estratégias sustentáveis, o evento enfatizou a importância do propósito empresarial e sua conexão intrínseca com o sucesso financeiro a longo prazo.

Isso incluiu abordagens que envolvem conexões e respeito mútuo entre os talentos conectados, demonstrando um compromisso holístico com práticas empresariais sustentáveis e éticas.

ESG e a abordagem na prática

Na palestra “Estratégia Sustentável para Futuras Gerações”, tema central do Mulheraço, fiz uma abordagem de forma prática sobre como mulheres utilizam a inteligência estratégica para transformar conexões em negócios e ações em resultados, apresentando conteúdo teórico e resultado prático.

A palestra “ESG Além das Siglas – Estratégias e Boas Práticas para Empresas Sustentáveis Rumo ao Futuro” foi conduzida pela mentora em ESG do Sistema FIEP, Josiane Costa que apresentou a certificação ESG em Foco do Sistema Fiep e as possibilidades de recursos e direcionamentos para que as indústrias paranaenses implementem práticas sustentáveis de forma eficaz. 

André Sell, arquiteto especialista em acessibilidade, forneceu insights sobre a importância de garantir que os negócios estejam verdadeiramente abertos para todos demonstrando práticas possíveis de serem implementadas para atender todos aspectos de diversidade e inclusão.  A Dra. Anacelia Linhares Gorini, renomada cirurgiã plástica, trouxe reflexões sobre os benefícios de promover a saúde mental dentro das organizações como estratégia sustentável nos negócios.

Após o Café com Propósito, o Talk Mulheraço instigou os participantes com as experiências de implantação das boas práticas. Mediado pela Consultora do Sebrae, Liciana Pedroso, o talk “Elas Fazem e Acontecem com ESG em seus negócios” contou com a participação das empresas Sávio Sorvetes e Gmtex Confecções que já receberam o selo ESG em Foco da Fiep e a empresa Centrallimp que está vivenciando o processo de implantação das boas práticas ESG.

A palestra de encerramento foi com a Procuradora da Mulher na Assembleia do Estado do Paraná, Cloara Pinheiro que trouxe reflexão sobre temas como diversidade, sororidade, etarismo e empoderamento feminino através da sua impactante e emocionante história de vida:  “As dores não são eternas: Recomece!”.

O Mulheraço na Expo Londrina foi abrilhantado com a exposição de algumas obras do renomado artista plástico finlandês Jukka Virkkunen. Reconhecido internacionalmente por sua maestria na pintura, suas obras vibrantes e cheias de vida têm sido destaque em exposições nas principais galerias da Finlândia, Reino Unido, Estados Unidos, Eslováquia e em outros países ao redor do mundo, cativando colecionadores particulares com sua abordagem única de um “abstrato alegre”.

Ao escolher essa temática, o Mulheraço na Expo Londrina proporcionou aos empresários e líderes refletirem sobre a adoção da Norma ABNT 2030 que estão interligadas com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da Agenda 2030 da ONU, conscientizando-os que além de maximizar seus retornos financeiros, todos podem se comprometer com estratégias que visam o bem-estar das futuras gerações e claro, da sustentabilidade da organização.

O Mulheraço na Expo Londrina 2024 alcançou seu objetivo primordial com maestria. Ao destacar a importância do propósito empresarial, evidenciou-se a conexão intrínseca entre este propósito e o sucesso financeiro a longo prazo.

Os participantes foram imersos em uma experiência enriquecedora, aprendendo como empresas comprometidas com práticas éticas e estratégicas não apenas melhoram sua imagem de marca, mas também se tornam sustentáveis em todos os aspectos.

Ao adotar uma abordagem fundamentada na inteligência estratégica – combinando informações, conhecimentos e experiências práticas – as organizações presentes compreenderam como transformar conexões em negócios tangíveis e ações em resultados concretos. Este encontro fortaleceu a comunidade empresarial local e semeou as sementes para um futuro empresarial mais consciente e próspero.

Confira o resultado: https://www.youtube.com/watch?v=JGXQ2GculmA  

Adriana Pontin

Como Estrategista de Negócios e fundadora do Mulheraço Brasil, desde 2008 ajudo transformar conexões em negócios e ações em resultados com inteligência estratégica. Sou Head da comunidade @mulheracobrasil e membro do Fórum Desenvolve Londrina.

Contatos: 43 999626687

adrianapontin.com.br

https://www.instagram.com/adrianapontin/#

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.