Skip to content

Viva os pets! Faça um plano de saúde para eles

Por Vander Cardoso

O mercado capitalista é fértil em ideias de negócios. Nele, a busca por formas de gerar riqueza é constante. E isso é bom pois, ao mesmo tempo que empreendedores se realizam, temos ofertadas soluções para muitas das nossas necessidades e desejos.

Um desses novos produtos é o plano de saúde para animais de estimação. Com ele, é possível dar aos pets o cuidado que merecem. E merecem mesmo. Os animais estão cada vez mais presentes em nossas vidas. O surgimento desses planos de saúde vem colaborar com a disseminação da cultura de cuidados com os bichinhos. Ao ampliar a base de usuários das consultas e tratamentos de saúde dos pets, o mercado segurador permite que, aos poucos, os preços se tornem mais acessíveis e, portanto, atrativos. E há necessidade que isso aconteça. O Brasil é hoje o segundo maior país em número de animais domésticos. Hoje são cerca de 81 milhões de cães e gatos nos lares brasileiros. Além disso, segundo pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 62% dos lares brasileiros têm pelo menos um pet, dos quais dois terços os consideram membros da família. São números expressivos que denotam a importância que esses animais têm em nossas vidas.

Tal como os planos de saúde para as pessoas, estes oferecem várias coberturas, distribuídas em pacotes variados. Há os pacotes simples, intermediários e completos com preços que podem variar de R$50,00 a R$300,00, aproximadamente. As coberturas são diversas e abrangem desde consultas simples até aquelas realizadas por especialistas. Entre esses, cardiologistas, oftalmologistas e dermatologistas. Os planos também abrangem exames básicos, como os laboratoriais (hemogramas e bioquímicos), além dos de imagem (radiografia e ultrassom) e os mais complexos, como eletrocardiogramas e endoscopias. Assim como nós, os animais podem precisar de serviços de saúde mais avançados. Por isso, também estão compreendidas as cirurgias, internações e, desejando, as castrações. Como referência, uma pequena cirurgia oftalmológica num cachorro, custa cerca de R$1 mil . Tratamentos por fisioterapia e acupuntura, além de outras coberturas, também podem ser contratados.

O plano de saúde para os animais já no permite, portanto, atender à necessidade de oferecermos cuidados a esses seres incríveis, que nos ajudam, como dito, em diversas situações do dia a dia, além do desejo que, comumente, temos de retribuirmos a tanto amor, alegria e companheirismo. Finalizando, a título de curiosidade, temos que, entre os que possuem animais de estimação, 79% possuem cachorros, 42% gatos e 17% pássaros. Há, ainda, 13% com peixes e 6% com tartarugas. Assim, se você se encaixa num desses grupos e tem interesse em proteger seu bichinho, procure um corretor de seguros e contrate um desses planos. Vamos retribuir o carinho aos nossos pets.

Vander Cardoso

Formado em Administração pela UEL e em Economia e Contabilidade pela Unopar. Pós graduado em Marketing, tem MBA em Estratégia Empresarial pela USP. Atua no ramo de seguros desde 1990, tendo sido gerente comercial em várias seguradoras, nacionais e  multinacionais. Atualmente é professor universitário e sócio-administrador da Max Line Corretora de Seguros. Fone (43) 3027-2707, cel (43) 999573708. Site: www.maxlineseguros.com.br. Instagram @maxlineseguros

Foto: Freepik

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.