Skip to content

Estratégia de marca política: é mesmo necessária?

Por Marcelo Fabrão

A estratégia de marca política pode até parecer complexa, mas não precisa ser complicada para ser útil. Muito pelo contrário, quanto mais simples for a estratégia da marca, melhor.

O escopo de uma estratégia de marca política pode variar dependendo da área de atuação, do tipo de mandato e do orçamento, por exemplo.

E como cada político tem os seus próprios pontos fortes, concorrentes, objetivos e públicos, não existe uma solução única para todos.

Mesmo assim, vou dividir o conceito de estratégia de marcas políticas em elementos bem compreensíveis. Ao final deste artigo, você entenderá por que uma estratégia de marca para políticos é importante, o que ela deve incluir e como você pode desenvolver a sua própria.

O que é estratégia de marca política?

A estratégia de marca é um plano de longo prazo que ajuda uma marca política a atingir seus objetivos, estabelecendo uma identidade única no cenário político/eleitoral. Esse plano de longo prazo também é implementado pela marca. Essencialmente, a estratégia da marca determina como o político, mandato ou campanhas devem ser percebidos pelo seu público em relação aos seus concorrentes. E não para por aí.

Ele destila as características essenciais do político, seus valores, personalidade, reputação e muito mais, e as torna a base para todas as tomadas de decisões.

Por consequência, garante a consistência da marca em todos os pontos de contato e experiências da marca.

Detalhe: uma estratégia de marca política bem sucedida não envolve apenas marketing. Ela influencia todos os aspectos de uma campanha ou mandato, desde o planejamento até o atendimento ao público.

Além disso, a estratégia da marca deve estar alinhada com a cultura do político ou do mandato para garantir que a narrativa da marca esteja alinhada com os objetivos políticos mais amplos. Ou seja, uma estratégia de marca bem planejada é a base para uma marca política forte, por que ajuda a fidelizar eleitores, apoia o crescimento do mandato e estabelece as bases para um bom relacionamento a longo prazo com o público ideal.

Mas por que a estratégia de marca é importante?

Existem muitas razões pelas quais uma estratégia de marca é essencial, mas antes vou usar de uma analogia bem simples para falar dessa importância.

A menos que você seja proprietário de um prédio, a fundação deste empreendimento não vai lhe entusiasmar, não é mesmo?

Você quer ver o edifício pronto, pintado e todo bem decorado.

A maioria das pessoas não se preocupa com a mistura do concreto, o assentar dos tijolos, a colocação das barras de ferro. No entanto, sabemos que a fundação é a parte mais importante do edifício. Sem ela, um dia você estaria curtindo um filminho com pipoca em sua sala bem decorada e o prédio inteiro desabaria.

É exatamente assim que é a Estratégia de Marca. Pode não parecer sofisticado, mas é o trabalho chato, porém necessário, que você precisa fazer para garantir que sua marca pareça atraente e resista aos testes ao longo do tempo.

Se a marca política é a tangibilização da reputação do político, bem posicionada e alinhada, capaz de gerar percepção positiva, a estratégia de marca ajuda a gerar diferenciação, confiança, lealdade e várias outras coisas. Veja:

Diferenciação

A verdadeira diferenciação vai além dos aspectos visuais. Ela se baseia no posicionamento da marca política e cria um lugar único, mas nem sempre exclusivo, na mente dos eleitores.

A diferenciação pode ser alcançada de diversas maneiras, seja por meio de características exclusivas do político, uma personalidade icônica, experiências excepcionais político/eleitor, entre outros.

A estratégia da marca que define como sua marca implementa e comunica efetivamente seu posicionamento.

Construindo confiança e fidelidade com o cidadão

Uma estratégia de marca política real e verdadeira promove a fidelidade do eleitor, criando experiências consistentes que evoca associações emocionais.

Isto pode ser conseguido defendendo valores específicos, por exemplo. Um estudo da Edelman descobriu que 64% dos consumidores escolhem ou boicotam uma marca com base na sua postura em questões sociais ou políticas. No contexto político/eleitoral é a mesma coisa, eleitores escolhem ou boicotam marcas políticas com base em suas posições políticas, culturais e sociais. O Brasil está polarizado.

A estratégia de marca define o que sua “imagem” representa para que ela possa aparecer de forma autêntica e confiável.

Simplificando os esforços de marketing

Uma estratégia de marca bem pensada otimiza seus esforços de marketing, fornecendo diretrizes claras para comunicação, tom de voz e atributos visuais.

Ao manter a consistência em todos os canais, você pode garantir que todas as comunicações on/off pareçam vir da mesma fonte, mesmo quando vários criadores estão envolvidos.

Esta uniformidade reforça a identidade da marca e a sua imagem, o que repercute no público ideal ajudando a construir confiança na marca.

Simplificando a tomada de decisões

Além do marketing, a estratégia de marca política serve de base para tomada de decisões em todas as áreas da campanha ou mandato, seja no desenvolvimento de soluções ou no atendimento ao público.

Em suma, a estratégia de marca ajuda o político a recusar oportunidades que não se alinham com os valores e a narrativa da sua marca gerando autenticidade, que irá gerar propósito, que irá gerar percepção, que poderá gerar voto.

A marca política é mais que as cores e visual da campanha. Ela serve de base para tomada de decisões na campanha ou mandato. Entenda.

Sobre mim

Meu nome é Marcelo Fabrão. Sou marqueteiro político há 16 anos. Casado, pai de dois meninos lindos, Filipe Lucas e David Luiz. Amo filmes, séries, rock, fotografias, bateria e Muay Thai. Em 2020, no meio daquela pandemia infernal, percebi a importância do branding na estratégia de comunicação eleitoral e me tornei um estrategista de marcas com o propósito de ajudar políticos a se transformarem em marcas sinceras e atuais. Além de consultor de Marketing Político e Branding, sou diretor de um Instituto de pesquisa e da agência Fabbron. Me siga no Instagram @marcelorfabrao e no Linkedin 

Imagem: Agência Fabbron

Leia mais coluna sobre Marketing Político

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.