Making the Cut: a estreia da 2ª temporada do reality

Misturando moda, arte, modelos internacionais, design e muito ego, estreou no Amazon Prime a segunda temporada do reality show Making the Cut. No meio de tantos reality shows que pululam feito pipoca nos streamings, este se destaca pela experiência imersiva que proporciona. Mesmo não entendendo ou gostando de moda, logo no primeiro capítulo somos arrastados para dentro da tela e começamos a torcer para determinado participante, seja pelas suas criações, seja pela sua personalidade.

O objetivo dos competidores é chegar à grande final e ser contemplado com um milhão de dólares para investir em sua marca, além de ter suas criações vendidas na Amazon Store, participar de projetos colaborativos de marcas já consolidadas e ficar conhecido mundialmente. O objetivo dos criadores e patrocinadores do reality é encontrar o novo artista/empresário que se destaque nas criações das coleções, seja exímio gestor da própria marca e excelente comunicador.

A série é apresentada e produzida por dois ícones da indústria da moda, a modelo internacional Heidi Klum e o consultor Tim Gunn, conhecido como mentor de estilistas e celebridades hollywoodianas e pelo seu próprio programa de TV Tim Gunn: Guru de Estilo. Os participantes foram escolhidos a dedo pela produção através do quesito “quem pode se destacar mundialmente com sua grife?” Designers de diferentes etnias, culturas e personalidades são desafiados em criações com prazos apertadíssimos e julgados por Tim e Heidi. Nesta segunda temporada também fazem parte do júri a belíssima modelo Winnie Harlow e o estilista da Moschino, Jeremy Scott.

Outro ponto positivo para Making the Cut é trazer ao grande público o encontro da arte e do design no ponto em que toca o mercado, muita criatividade e bom gosto misturados com prazos curtos, tensão, brigas, egos gigantescos e muito dinheiro. E o espectador pode adquirir as criações dos designers diretamente na Amazon, no e-commerce Making the Cut, construído especialmente para isto. Assim que é definido o ganhador da semana, imediatamente uma peça sua, com valor acessível, é colocada à venda na loja on-line. Infelizmente não tão acessível para nós, com nosso dim dim valendo quase nada.

Ao longo dos seus oito episódios vamos conhecendo o mundo da moda em seu “outro lado”, constatamos o visível crescimento dos designers em suas criações e percebemos que começamos a nos vestir melhor, combinar melhor nossas peças de guarda-roupa, sem precisar colocar a mão no bolso.
Making the Cut, feito para designers, artistas e para quem gosta de reality shows.

Marcelo Minka

Graduado em licenciatura em Artes Visuais, especialista em Mídias Interativas e mestre em Comunicação com concentração em Comunicação Visual. Atua como docente em disciplinas de Artes Visuais, Semiótica Visual, Antropologia Visual e Estética Visual. Cinéfilo nas horas vagas.

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *