Skip to content

Seleção brasileira sub-18 fatura o Sul-americano com atletas do Londrina/FEL/IPEC

Equipe londrinense que teve 12 convocados participou diretamente da conquista de sete medalhas na campanha do Campeonato Sul-Americano, em São Paulo; Londrina Atletismo conta com patrocínio do Feipe

O LONDRINENSE com assessoria

O título sul-americano da seleção brasileira sub-18, conquistado ontem em São Paulo, teve importante participação de atletas da equipe Londrina/FEL/IPEC. Time com maior número de convocados – 10 competidores e os treinadores Silvana Vieira e Gilberto Miranda – o londrinense esteve diretamente na conquista de sete medalhas da campanha verde e amarela na competição internacional.

Júlia Ribeiro (Colégio Ética) brilhou novamente e trouxe dois ouros e um recorde para casa. A jovem promessa londrinense de 17 anos venceu os 400 metros e estabeleceu o novo recorde da prova na competição: 54seg17. Ela também integrou o revezamento 8 x 300 metros misto brasileiro que subiu ao lugar mais alto do pódio. “Mais uma competição grandiosa, em que pude desempenhar o meu melhor na pista e ajudar o Brasil a ficar com mais um título”, destacou a atleta, que agora ocupa a 17° posição no ranking mundial da prova na categoria Sub-18.

Esse é o segundo título internacional individual de Júlia em 2022. Em maio, ela foi campeã dos 400 metros nos Jogos Sul-Americanos Sub-18, na Argentina. A atleta também conquistou três títulos internacionais em revezamentos: foi campeã mundial escolar nos revezamentos medley e medley 2, e no 4 x 400 metros misto nos Jogos Sul-Americanos da Juventude Sub-18. Júlia acumula ainda os títulos brasileiros Sub-18 e Sub-20 deste ano e lidera o ranking nacional dos 400 metros nas duas categorias. Ela também é a atual campeã paranaense sub-20.

Nos 110 metros com barreiras, Paulo Henrique Romualdo foi perfeito, agarrou o ouro e não deu chances aos adversários. Ele também chega a seu segundo título individual internacional em 2022. A exemplo de Júlia, Paulo venceu e foi recordista da sua prova nos Jogos Sul-Americanos da Juventude Sub-18. “Acredito que é a recompensa pelo trabalho diário duro que a gente vem executando. Só agradecer a todos que acreditaram em mim”, disse Paulo.

Das provas de lançamentos e saltos vieram mais três medalhas para o Brasil com assinatura de atletas da Londrina/FEL/IPEC. Camila Flach confirmou o favoritismo e venceu o lançamento do disco. No lançamento do martelo, Luis Felipe Abílio conquistou a prata. Ele havia sido bronze nos Jogos Sul-Americanos da Juventude Sub-18. E Gabriel Tavares, treinado pela técnica Silvana Vieira, foi prata no salto em altura.

Por fim, Letícia Evelyn Lopes e Ruan Miguel Souza fizeram companhia a Júlia Ribeiro (Colégio Ética) no revezamento 8 x 300 metros misto campeão da prova. Por muito pouco Ruan Miguel Souza e Bianca Davi de Souza não subiram ao pódio. Ele bateu na trave nos 400 metros com barreiras e ficou na quarta colocação, e ela repetiu o resultado nos 2000 metros com obstáculos.

Para o técnico Gilberto Miranda, a participação londrinense no título internacional da seleção brasileira fica na história. “Não é algo tão comum uma equipe do interior e com menor investimento servir de base para a seleção brasileira, e esse é um grande feito, fruto de um trabalho que vem sendo desenvolvido há anos. E além disso, ver nossos atletas conquistando sete medalhas numa competição de nível tão alto completa essa missão e nos deixa muito orgulhosos. É para ficar na história”, ressaltou.

A seleção brasileira manteve a hegemonia no continente e foi a grande campeã. No total, os brasileiros somaram 347 pontos, venceram nos naipes masculino, com 164 pontos, e feminino, 133. Foram 40 medalhas conquistadas, sendo 12 de ouro, 17 de prata e 11 de bronze.

O Projeto Londrina Atletismo conta com incentivo da Copel e Governo do Paraná, através do programa Proesporte, e tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina (FEL), através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC) e Colégio Ética; e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Maximus Assistencial, Ivot Ortopedia, Ômega Diagnósticos, Espaço Saúde Integral Londrina, Zuba, Centro do Coração e Academia AS Fitness.

Foto: Júlia Ribeiro – ganhou dois ouros na competição

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.