Skip to content

Santa Casa abre novo pronto atendimento e reforma setor de emergências

Modernização das estruturas do Centro de Emergências e Trauma vai permitir a redução da superlotação do setor

O LONDRINENSE com assessoria

A Santa Casa de Londrina inaugura, na próxima terça-feira (1), o novo Pronto Atendimento (PA) do hospital, com acesso pela rua Espírito Santo, 523. Na segunda-feira, a direção da Santa Casa vai anunciar o início das obras de modernização do Centro de Emergência e Trauma (CET), que vai possibilitar a redução da superlotação do setor. A reforma do CET abrange uma área de 2.102 m² e conta com o apoio de R$ 3,3 milhões do Governo do Paraná. O prazo para conclusão é de 300 dias, de acordo com a JAP Engenharia, vencedora da licitação.

Entenda a diferença entre os serviços: O CET presta atendimento às urgências e emergências, os casos que apresentam risco de vida. O CET é um serviço referenciado dentro do sistema de saúde SUS de Londrina e recebe, principalmente, pacientes encaminhados por serviços como SIATE, SAMU e outros.
Os casos de menor complexidade do SUS são atendidos, seguindo a referenciação, em hospitais secundários, UPAs e UBSs. Isso significa que esses casos mais simples são encaminhados entre os serviços, de acordo com a gravidade: da assistência básica (UBSs) e UPAs ao serviços secundários (hospitais de média complexidade) e ou serviços terciários (hospitais de alta complexidade). Já o PA dá assistência aos casos de menor complexidade a convênios e particulares.

Com o novo PA, a Santa Casa quer dar mais agilidade , segurança e bem-estar aos usuários. Os pacientes contarão com uma infraestrutura totalmente nova, mais ampla e completa. São aproximadamente 1.000 m² de área construída com 11 consultórios, 13 leitos de observação, área de diagnóstico exclusiva e toda infraestrutura necessária para a segurança na assistência e conforto do paciente.

A abertura do novo PA faz parte da logística interna necessária para iniciar as reformas do CET (Centro de Emergência e Trauma), sem interrupção no atendimento às emergências. É que durante as reformas, o atendimento de emergência será transferido para o espaço do antigo Pronto Atendimento.

De acordo com o superintendente da Santa Casa, Fahd Haddad, a reestruturação física do CET é “necessária e urgente” para reduzir a superlotação comum no setor. As reformas incluem uma unidade de internação e áreas de retaguarda que serão readequadas às normas técnicas da saúde.

Com a conclusão dessas obras, toda área de urgência e emergência, incluindo serviço de diagnóstico, estarão interligadas internamente no hospital, facilitando os fluxos e agilizando a assistência ao paciente.

A entrega do novo PA é mais uma etapa da conclusão do bloco de ampliação da Santa Casa que já tem o Centro Cirúrgico, uma unidade de internação, a recepção e serviços de apoio em funcionamento. Ao final das obras do CET e unidades de apoio, Londrina terá uma Nova Santa Casa, praticamente 100% remodelada e modernizada para mais segurança e conforto às equipes e pacientes.

Foto: Arquivo/Iscal

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.