Skip to content

Prefeitura de Londrina realiza Campanha Outubro Rosa 2022

Diversas ações serão realizadas durante o mês inteiro para chamar a atenção das mulheres para a prevenção aos cânceres de mama, colo do útero e ovários

O LONDRINENSE com Assessoria

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), está organizando diversas atividades em prol da Campanha Outubro Rosa 2022, que visam estimular a prevenção e o diagnóstico precoce dos cânceres de mama, colo de útero e ovário. Além desta secretaria, outras integram a campanha, assim como as companhias, autarquias e instituições públicas e privadas.

Na programação há diversas ações, como a campanha de arrecadação de produtos de beleza e higiene para o Centro de Apoio ao Paciente com Câncer (Capc) e a Tok de Amor, ambas organizações que trabalham no apoio, acolhimento e encorajamento de pacientes com câncer em Londrina. Também está no cronograma a Campanha Solidária Projeto Almofada do Coração, que visa apoiar as mulheres que se submeteram à mastectomia (cirurgia de remoção completa da mama), doando almofada de tecido em formato de coração, para fins terapêuticos.

Nos dias 7, 8 e 9 de outubro, haverá também uma Mega Feira de Liquidação, no Iate Clube, das 10h às 20h, onde as servidoras municipais da SMPM vão divulgar a campanha e os exames preventivos de saúde. Também terá oficina sobre imagem corporal e autocuidado, uma live sobre os direitos que amparam as mulheres com câncer e um workshop para ensinar a produzir as almofadas de coração.

Foto: divulgação

Além disso, a população verá, durante este mês, os principais monumentos da cidade iluminados com a cor rosa, para chamar a atenção das mulheres sobre a importância do exames preventivos e da mamografia. “Todas essas ações são muito importantes e de grande interesse social, porque são voltadas para as pessoas que mais precisam de atenção e cuidados, que estão passando por um momento delicado e estão fragilizadas por causa do câncer, por isso nosso apoio incondicional ao Outubro Rosa”, disse o prefeito Marcelo Belinati.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca) o câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres no mundo, sendo que cerca de 2,3 milhões de casos novos foram estimados para o ano de 2020, o que representa quase 25% de todos os tipos de neoplasias diagnosticadas nas mulheres. No Brasil, a estimativa para 2021 era que quase 67 mil novos casos de câncer de mama surgiriam neste ano, o que significa uma proporção de 61 novos casos para cada 100 mulheres. Ele é o câncer que mais mata mulheres brasileiras, principalmente na região sul e sudeste do país.

Segundo a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes, as secretarias municipais trabalham unidas com o objetivo de conscientizar o maior número de mulheres possível, para que elas mantenham os exames de rotina em dia, visto que isso ajuda a reduzir a incidência e a mortalidade pela doença. “Outubro Rosa é uma campanha para sensibilizar as mulheres para o autoexame e exames preventivos não apenas em outubro, mas durante todo o ano. Neste ano, por exemplo, a Secretaria de Saúde realizará dois mutirões, um no dia 15 e outro no dia 22 para isso. Precisamos que as mulheres busquem a UBS no Dia D, conforme a programação e façam os exames. Assim como convidamos toda a comunidade para participar das ações de doação de produtos de higiene e das palestras, lives e oficina”, convidou Fernandes.

Doação – A campanha de arrecadação de produtos de beleza e higiene para o Centro de Apoio ao Paciente com Câncer (Capc) e a Tok de Amor está acontecendo na sede da Prefeitura de Londrina, na Faculdade Pitágoras/Unopar, no Instituto Federal do Paraná (IFPR), na Unicesumar, na Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais de Londrina (BPW Mulher), Grupo Mulheres do Brasil, nas secretarias municipais e outros.

Nestes locais, uma caixa estará disponível para as pessoas colocarem suas doações, como sabonetes, shampoo, desodorante, absorvente, lenço umedecido, maquiagem, entre outros mantimentos. “A ação solidária será de arrecadação de itens de beleza e de higiene pessoal para ajudarmos na autoestima e no cuidado das mulheres que estão em tratamento oncológico. Os produtos serão arrecadados durante o mês de outubro inteiro, até o dia 31, e depois vamos marcar um dia para irmos até o CAPC e a Tok de Amor, para entregarmos todo o material doado”, explicou Fernandes.

A entidade que quiser aderir à campanha pode entrar em contato com a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, pelo (43) 3378-0119 ou pessoalmente na sede da secretaria, na Rua Valparaíso esquina com a Avenida Higienópolis.

Projeto Almofada do Coração – O projeto Almofadas do Coração nasceu nos Estados Unidos, quando a especialista em câncer de mama, Janet Kramer Mai, precisou passar por uma cirurgia para retirada do tumor na mama e sentiu a necessidade de colocar algo apoiando o braço devido à dor e à dormência que sentiu durante o pós-cirúrgico. Após várias tentativas para achar algo confortável, ela encontrou a almofada em formato de coração, que encaixou na anatomia do corpo e garantiu mais conforto a paciente.

Desde então, essa medida simples e eficaz tem sido divulgada no mundo inteiro e tem ajudado milhares de mulheres a se recuperarem da cirurgia de retirada da mama. “O coração não é apenas bonito, mas ele tem utilidades terapêuticas. Segundo depoimento de uma paciente atendida pelo projeto, essa pode ser a solução para as dores, porque a almofada possui medidas e peso adequados para ajudar no conforto da paciente após o procedimento cirúrgico. Ela foi desenhada para ser colocada embaixo do braço de forma a facilitar seu descanso, aliviando a dor da incisão cirúrgica, reduzindo o inchaço linfático provocado pela cirurgia, diminuindo a tensão nos ombros, sustentando o braço até enquanto dorme”, explicou a psicóloga da Secretaria Municipal de Políticas para a Mulheres, Lisneia Rampazzo, e diretora de Empreendedorismo e Ações Educativas.

As pessoas que quiserem ajudar doando a almofada podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres pelo (43) 3378-0111, durante o mês inteiro.

Workshop – Para ajudar o projeto e ensinar mais pessoas a fazerem as almofadas terapêuticas, a SMPM firmou uma parceria com o Projeto Hafura. No dia 20 de outubro, a partir das 13h30, os membros do projeto ministrarão o curso rápido na própria sede do projeto, que fica na Rua Mato Grosso, 806. Há 10 vagas e as pessoas interessadas precisam se inscrever antecipadamente pelo WhatsApp da SMPM, no (43) 99945-0056. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, a partir das 12h.

Palestra – Na sexta-feira (7), às 8h50, a secretária da mulher vai ao Colégio Marista com a psicóloga da pasta, Lisneia Rampazzo, e a vereadora Flávia Cabral, que teve câncer de mama e está curada, para falarem sobre a importância da prevenção e dos exames periódicos para detecção do câncer de mama e do colo do útero. A ação foi uma solicitação do colégio à SMPM.

Mega Feira – O Iate Clube receberá a Mega Feira de Liquidação na sexta-feira (7), sábado (8) e no domingo (9), das 10h às 20h. A entrada é um quilo de alimento não perecível. O evento está sendo organizado pela influenciada digital, Lavínia Rocha, para os empreendedores de Londrina mostrarem e comercializarem seus produtos a preços mais acessíveis. Haverá mais de 80 lojas de vestuário e móveis, com descontos de até 70%. Nesta feira, as servidoras municipais da SMPM terão um stand para divulgar a campanha do Outubro Rosa e os exames preventivos de saúde.

Iluminação dos monumentos públicos – A Londrina Iluminação S/A também integra a Campanha do Outubro Rosa, iluminando os principais monumentos da cidade, como o Viaduto Édson de Jesus Deliberador (na Avenida Dez de Dezembro), o Monumento ‘O Passageiro’, a fachada da Biblioteca Pública Municipal de Londrina Pedro Viriato Parigot de Souza, o Monumento Bíblico, a Praça da Garça e a Barragem do Lago Igapó. A Companhia pública de Londrina acionou 455 luminárias ornamentais e decorativas na cor rosa.  “Acho importante a Campanha do Outubro Rosa, que já está no nosso calendário anual e sempre estamos dispostos a colaborar ela”, afirmou o presidente da companhia, Claudio Tedeschi.

Foto: divulgação

Oficina – No dia 11 de outubro, às 9h, 25 mulheres do Projeto Camar (Casa Acolhedora Mãe Rainha/Projeto Sabão) vão participar de uma oficina sobre a relação da imagem corporal com o autocuidado, visando uma melhora na qualidade de vida. A atividade acontecerá na sede do projeto, localizada na rua Alexandre Santoro, 630, Jardim dos Estados (zona norte). Há três anos as mulheres deste projeto são acompanhadas pela Prefeitura de Londrina.

Live – No dia 13 de outubro, às 15h30, duas advogadas voluntárias, Natasha Storti e Bruna Setti, vão fazer uma transmissão ao vivo para falar sobre os direitos previdenciários e trabalhistas das mulheres com câncer. Elas mostrarão quais são os direitos elencados nas leis e tirarão dúvidas das participantes. A live é aberta para o público em geral e será transmitida pelo Instagram da Secretaria da Mulher (https://www.instagram.com/sec.mulherlondrina/).

Ação comunitária – A equipe do Centro de Atendimento à Mulher (CAM) estará na ação comunitária promovida pela Rede Intersetorial de Serviços da Região Leste, que acontecerá nesta quinta-feira (6), das 9h às 12h, na Unicesumar, que fica na Avenida Santa Mônica, 450. Com ela, estarão profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) orientando a população sobre a prevenção aos cânceres, bem como agendamento para a realização de exames preventivos e panfletagem sobre testes rápidos para detecção de HIV, sífilis, hepatites B e C. Além deles, outros serviços estarão nesse grande evento (veja mais aqui).

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.