Skip to content

ESG em foco no Mulheraço na ExpoLondrina 2024

Evento gratuito, no sábado (06), promove diálogo sobre práticas estratégicas, sustentáveis e inclusivas que transformam negócios e comunidades para futuras gerações

O Londrinense com assessoria

A relevância das práticas ESG tem crescido exponencialmente em um contexto global onde as empresas buscam um impacto positivo além do lucro financeiro. Em sintonia com essa tendência, o Mulheraço na Expo, realiza no sábado (06), no Recinto Milton Alcover (av. Tiradentes  6275 Cilo 2), em Londrina, um encontro dedicado a empresários e líderes comprometidos com a construção de um futuro sustentável, destacando a importância das práticas ESG – Governança Corporativa, Responsabilidade Social e Cuidados Ambientais.

O Mulheraço na Expo traz uma programação rica e diversificada, com palestras e painéis de discussão conduzidos por especialistas e líderes empresariais de renome que irão compartilhar insights valiosos e casos de sucesso, demonstrando como as práticas ESG podem ser implementadas em organizações de todos os portes e setores. Desde a gestão de pessoas até a promoção da diversidade e inclusão, passando pela saúde mental dos colaboradores, todas as facetas das práticas ESG serão abordadas de forma envolvente e inspiradora. O evento também enfatiza a importância do propósito empresarial e sua conexão intrínseca com o sucesso financeiro a longo prazo.

No evento, empresários e líderes irão discutir como implementar as práticas em suas organizações, beneficiando, além do seu próprio negócio, o bem-estar da sociedade e do meio ambiente. ESG representa três diretrizes fundamentais que as empresas estão adotando para promover práticas mais responsáveis e sustentáveis em suas operações. No entanto, por trás dessas letras, há uma poderosa mensagem que vai além do mero cumprimento de regulamentações ou da busca por lucros imediatos. Adriana Pontin, fundadora do Mulheraço enfatiza que “uma analogia interessante que podemos traçar é a interpretação de ESG como “Estratégia Sustentável para futuras Gerações”, tema do Mulheraço na ExpoLondrina 2024”.

O evento é gratuito para participação, porém, é necessário adquirir a entrada no Parque de Exposições Ney Braga.

ESG na prática para o seu negócio e para a sociedade

Empresas que adotam práticas ESG colhem diversos benefícios que vão muito além do financeiro. Investidores valorizam organizações que demonstram responsabilidade ambiental, social e de governança, facilitando a atração de investimentos. Clientes também são fidelizados, pois as práticas trabalham na correção e melhoria de processos, fazendo com que produtos e serviços tenham cada vez mais qualidade e bom atendimento. A redução de custos operacionais é apontada como um dos grandes benefícios que a implantação de ESG proporciona, devido a eficiência no uso de recursos, redução de desperdícios e otimização dos processos internos, contribuindo para a sustentabilidade financeira da empresa.

É comprovado também a melhoria na imagem e reputação da marca, tanto com clientes como colaboradores. Empresas que se preocupam com questões ambientais e sociais ganham uma imagem positiva perante o público. Isso fortalece a reputação da marca e aumenta a confiança dos consumidores. Os funcionários valorizam empresas que demonstram compromisso com práticas éticas e sustentáveis.

O engajamento dos colaboradores é essencial para o sucesso da organização. Outro ponto muito importante é a redução de riscos jurídicos, trabalhistas e fraudes, devido todos os processos de governança implantados.

A sigla ESG reúne critérios no âmbito de governança corporativa, ambiental e social com objetivo de medir a sustentabilidade de uma empresa. As boas práticas recomendadas em Governança referem-se à forma como a empresa é gerenciada e trata assuntos como transparência nas operações, ética empresarial, estrutura de liderança e tomada de decisões.

No critério Ambiental, as práticas estão relacionadas à gestão de resíduos, política de desmatamento (quando aplicável), uso de fontes de energia renováveis, posicionamento da empresa em relação a mudanças climáticas, entre outros.

E o critério Social envolve questões como impacto social da empresa, relações com funcionários, comunidades e fornecedores, diversidade e inclusão, e responsabilidade social corporativa.

Em resumo, a adoção de práticas ESG traz vantagens competitivas e impactos positivos para o negócio como um todo, além de contribuir para o bem-estar da sociedade e do meio ambiente, com reflexos diretos na comunidade que está inserida.

Programação Mulheraço na Expo

O evento contará com palestras e painéis de discussão que abordarão os critérios de boas práticas empresariais como gestão de pessoas, ambientes inclusivos, relações com funcionários e comunidades, saúde mental, diversidade e inclusão, ética empresarial, entre outros. Especialistas e líderes empresariais compartilharão insights valiosos e melhores práticas, destacando os benefícios tangíveis que as empresas podem alcançar ao adotar abordagens de governança corporativa, social e ambiental.

Além disso, o Mulheraço na Expo enfatizará a importância do propósito empresarial e como ele está intrinsecamente ligado ao sucesso financeiro a longo prazo. Josiane Costa, mentora em ESG da FIEP destaca que “Os participantes terão a oportunidade de aprender como empresas que se comprometem com práticas éticas e estratégicas, melhoram sua imagem de marca, além de se tornarem sustentáveis, colhem resultados como atração de investimentos, retenção de clientes e redução de riscos operacionais, trabalhistas e jurídicos”.

A programação do Mulheraço na Expo foi pensada para desmistificar o conceito, além de apresentar cases de sucesso. A palestra “ESG Além das Siglas – Estratégias e Boas Práticas para Empresas Sustentáveis Rumo ao Futuro” será conduzida pela mentora em ESG do Sistema FIEP, Josiane Costa.

A cirurgiã plástica Anacelia Linhares Gorini, trará reflexões sobre como a saúde mental pode ser uma estratégia sustentável nos negócios. André Sell, arquiteto especialista em acessibilidade, fornecerá insights sobre a importância de garantir que os negócios estejam verdadeiramente abertos para todos.

Já a palestra “As dores não são eternas: Recomece!” com Cloara Pinheiro, Procuradora da Mulher na Assembleia do Estado do Paraná, traz reflexão sobre temas como diversidade, sororidade, etarismo e empoderamento feminino. A estrategista de negócios, Adriana Pontin abordará como mulheres estão utilizando a inteligência estratégica para transformar conexões em negócios e ações em resultados.

No Talk Mulheraço: Elas Fazem e Acontecem com “ESG” em seus negócios, mediado pela Consultora do Sebrae, Liciana Pedroso, empresárias compartilharão seus cases de implantação de boas práticas ESG, discutindo os desafios e benefícios obtidos durante o processo de certificação do selo ESG em Foco do Sistema FIEP.

O objetivo do Mulheraço na Expo ao escolher essa temática é instigar empresários e líderes a adotarem uma abordagem ESG, buscando maximizar seus retornos financeiros, mas também se comprometendo com uma estratégia sustentável que visa o bem-estar das futuras gerações. É uma mudança de paradigma que reconhece a interdependência entre o sucesso empresarial e o progresso social e ambiental a longo prazo.

Faça a sua inscrições no link

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.