Skip to content

Nova empresa para coleta do lixo começa operar dia 25

Após término do processo licitatório, Município definiu a empresa responsável pelo serviço

O LONDRINENSE com assessoria

A Prefeitura de Londrina já definiu a próxima empresa responsável pelo serviço de coleta de lixo na área urbana, distritos, patrimônios e vilas rurais da cidade. A Sistemma Assessoria e Construções Ltda, de Anápolis (GO), saiu vitoriosa do pregão presencial realizado pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) no último dia 7. Firmado em 2017, o atual contrato, operado pela Kurica Ambiental, vence no dia 24 de março.

Com o valor final de R$ 141,55 por tonelada de resíduo coletada, a Sistemma ofereceu o menor preço dentre as outras seis entidades que participaram da concorrência, cujo maior lance ficou em R$ 158,03. No contrato atual, a empresa Kurica Ambiental recebe o valor de R$ 150,23 por tonelada.

A licitação estabeleceu que o dimensionamento para a execução da operação projetada para o recolhimento de até 11 mil toneladas/mês (500 toneladas/mês a mais que o contrato atual), teria o montante máximo unitário de R$ 149,03 para cada mil quilos de lixo retirado das residências.

Com o recebimento da menor oferta, a quantia investida pelo Município no serviço, que poderia chegar a R$ 19.671.960,00 nos 12 meses de vigência do contrato, caiu para o total estimado de R$ 18.684.600,00, uma economia de aproximadamente 5% em relação ao teto do edital.

Para percorrer todas as regiões da cidade, de segunda a sábado, e atender a mais de 250 mil imóveis, a nova contratada deverá dispor de 114 coletores (99 no contrato atual), 38 motoristas, dois fiscais, dois encarregados, um responsável técnico, um técnico administrativo e um técnico em segurança do trabalho. Para executar a operação, ao todo serão empregados 19 caminhões compactadores, sendo 16 com capacidade volumétrica de 19 m³ e outros três de 15 m³.

Os veículos deverão ser dotados de sistema de rastreamento, monitoramento e gerenciamento eletrônico e, na remuneração paga à terceirizada, estão incluídas todas as despesas diretas e indiretas decorrentes do desenvolvimento do trabalho. Isto é, a soma abarca inclusive impostos, encargos sociais, trabalhistas, previdenciários, fiscais, entre outros. Em 2021, foram retirados dos domicílios londrinenses, diariamente, entre 400 e 430 toneladas de resíduos orgânicos e rejeito.

Serão dois turnos de coleta, sendo o primeiro das 7h às 15h20 e o segundo turno das 18h às 3h. A coleta ocorre sempre de segunda a sábado com 17 veículos (na rua) e dois veículos (reserva), por turno, além de 76 funcionários por período. No período noturno, em comparação com o contrato atual, há um incremento de mais um caminhão na rua.

A Sistemma é uma empresa privada de Serviços Urbanos do Centro-Oeste. Fundada em 1993 na cidade de Anápolis-GO possui infraestrutura e equipamentos para atuar nas áreas de gestão de serviços de infraestrutura urbana, saneamento, edificações, obras especiais, limpeza urbana, coleta e administração de aterros sanitários. Atualmente realiza serviços em Anápolis (GO), Araraquara (SP), Belo Horizonte (um lote), Itumbiara (MG), Senador Canedo (GO), Jataí (GO) e Congonhas (MG).

Foto: CMTU

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.