Skip to content

Cesta básica sobe 7,1% em março, em Londrina

Valor médio chegou a R$620,76 pelos 13 itens que compõe a cesta

O LONDRINENSE com assessoria

O valor da cesta básica, em Londrina, apresentou elevação em relação ao mês de janeiro em 7,1%, fechando a R$ 620,76 contra R$ 579,45 em fevereiro. Naquele mês, foi registrado um aumento de 7,8% em relação janeiro. O levantamento, realizado pelo Núcleo de Pesquisas Aplicadas (Nupea), das Universidades Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e Estadual de Londrina (UEL), foi feito entre quarta-feira (30) e hoje (31), em 11 redes supermercadistas das que atuam no Município, considerando unidades nos quatro pontos cardeais e mais o centro da cidade, com os 13 produtos que compõem a cesta básica. São levantados os preços dos produtos que apresentam o menor valor e não são consideradas as marcas. A série histórica iniciada em maio de 2001 pelo professor Flavio de Oliveira Santos.

O valor médio de R$ 620,76 foi obtido a partir dos preços dos 11 supermercados. No entanto, se o consumidor se dispusesse a adquirir os produtos de menor preço em cada um dos supermercados pesquisados, conseguiria esta mesma cesta por R$ 512,00 uma economia de 17,5%. Mas, em uma situação mais real, se o consumidor comprar todas as mercadorias que compõe a cesta básica no supermercado que apresenta os menores preços pagará por ela R$ 537,29, ou 13,4% mais barato que a média. Porém, se comprar naquele que estiver mais caro, pagará R$ 686,64 ou 10,6% mais caro que a média.

Fonte: Nupea

Variação de preços

Dos 13 itens que compõem a cesta básica nacional, 10 deles apresentaram aumento nos preços em relação ao mês anterior: Tomate, Batata, Leite, Óleo, Café, Arroz, Pão, Carne, Farinha e Açúcar. Apresentou estabilidade de preço (variação inferior a 1%) somente o Feijão. Os dois  produtos que apresentaram redução de preços foram Margarina e Banana.

A carne, que é o produto que tem maior peso na cesta básica (neste mês, 43,5%), apresentou elevação em seu preço médio de 2,5% ficando na média a R$ 40,87 o quilo, lembrando que na pesquisa passada estava a R$ 39,86 na média. O preço mais barato encontrado foi de R$ 32,90 e o mais elevado de R$ 45,90. A carne tem como referência sempre o coxão mole e, se a peça for mais barata que fatiado, é considerado o preço da peça.

Quando comparado com o valor da cesta básica de março do ano passado, esta mostrou um aumento de 32,1%. Naquele mês ela foi adquirida pelo valor médio de R$ 469,94.

Hoje, um londrinense – recebendo o salário mínimo paranaense de R$1.617,00 – precisaria trabalhar 84,5 horas para comprar uma cesta básica, que corresponderia a 38,4% de uma jornada de 220 horas/mensais.

Foto: Ascom/UTFPR

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.