Londrina retoma aplicação de primeira dose da vacina contra Covid-19

Agendamento foi liberado para população com 21 anos ou mais; estão disponíveis mais de 23 mil vagas até a próxima sexta-feira (17)

O LONDRINENSE com assessoria

A Secretaria Municipal de Saúde reabriu nesta sexta-feira (10) o agendamento para primeira dose de vacina contra Covid-19, para toda população com 21 anos ou mais. O agendamento já está disponível, somente pela página da campanha no Portal da Prefeitura.

A aplicação da primeira dose está liberada mediante a remessa de um novo lote de imunizantes, que chegará em Londrina no sábado (11). São aproximadamente 8.400 vacinas destinadas à primeira dose, e que irão atender não só os jovens com 21 anos, mas também pessoas de 22 a 59 anos que se cadastraram para a vacinação tardiamente, após suas faixas etárias terem sido contempladas.

Para atender este público, e também as pessoas que já concluíram o intervalo entre primeira e segunda dose, foram abertas 23.675 vagas de atendimento nas cinco salas exclusivas de vacinação em Londrina, com datas até a próxima sexta-feira (17).

Neste sábado (11), a vacinação contra Covid-19 ocorrerá no Centro de Imunização da Zona Norte e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Jardim do Sol, Alvorada, Eldorado, Ouro Branco e Vila Casoni. Todas as salas abrirão das 7h30 às 19h, e retornam segunda-feira (13), no mesmo horário.

Ao chegar no horário agendado para receber a vacina, é obrigatório ter em mãos um documento de identificação com foto, e apresentar comprovante de residência. “Reforçamos o pedido para que levem impresso o comprovante de agendamento com o QR-Code, seja para receber a primeira ou a segunda dose. E, no caso de segunda dose, o cartão de vacinação que foi fornecido no primeiro atendimento”, frisou o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado.

Adolescentes – Esta semana, a Prefeitura iniciou o cadastro prévio para adolescentes de 12 a 17 anos que possuam doenças crônicas e comorbidades. O Programa Nacional de Imunização determina que a vacinação seja priorizada a adolescentes com síndrome de Down, doença renal crônica, anemia falciforme, diabetes, imunossuprimidos, doenças cardíacas, doenças cerebrovasculares crônicas, entre outras condições de saúde. A lista completa está disponível no Portal da Prefeitura.

formulário on-line deve ser impresso e, junto com laudo preenchido e assinado pelo médico que acompanha o paciente, entregue em um envelope. São oferecidos quatro pontos para recebimento dos envelopes: as sedes das secretarias municipais de Saúde e de Educação, Escola Municipal Moacyr Teixeira (região norte) e Supercreche – CMEI Valéria Veronesi (centro).

Foto: Emerson Dias/N.COM

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *