Golpista do Tinder prova do próprio veneno e leva golpe na internet

“Aqui se faz, aqui se paga” já diz o ditado, e não foi diferente com Simon
Leviev, o homem que inspirou o documentário ‘Golpista do Tinder’, da Netflix, que caiu um em belo golpe ao pagar US$ 6.664 para ter sua conta e de sua namorada, Kate Konlin, verificadas pelo Instagram.

O golpista foi abordado por um casal, que prometeu que conseguiria a verificação já que um deles era ex-funcionário da empresa Meta (ex-Facebook), o casal chegou a fazer vídeo chamadas com Simon mostrando estar em um escritório movimentado, dando assim, mais veracidade ao fato.

Após ter feito o pagamento através do PayPal, o agente de Simon desconfiou da transação e entrou em contato com a Meta que afirmou que as verificações não são cobradas.

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.