Skip to content

Anatel vai bloquear IPs de fornecedores de gatonet

No Brasil, a estimativa é que existam entre 5 e 7 milhões de decodificadores clandestinos

O LONDRINENSE com agências

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou que vai começar a bloquear os IPs de servidores que vendem o serviço de IPTV pirata. A ação faz parte de um novo plano de combate ao uso de decodificadores clandestinos (TV Box). O plano prevê a realização de procedimentos de bloqueio ou redirecionamento de tráfego de conteúdo e de chaves de criptografia do Serviço de Acesso Condicionado – SeAC (TV por assinatura), nesses aparelhos.

De acordo com a agência, os equipamentos clandestinos – estimados entre 5 e 7 milhões de aparelhos no Brasil – causam prejuízos de mais de R$ 15 bilhões/ano às operadoras de serviços por assinatura, além de por em risco os usuários.

Segundo a Anatel, os serviços clandestinos estariam na mão de grandes quadrilhas. Estudos de engenharia reversa realizados entre maio de 2021 e dezembro de 2022 constataram a presença um software malicioso (malware) capaz de permitir que criminosos assumam o controle do TV box para a captura de dados e informações dos usuários, como registros financeiros ou arquivos e fotos que estejam armazenados em dispositivos que compartilhem a mesma rede de internet.

Técnicos da Anatel também verificaram nos testes que o malware, via botnet, permite a operação remota de aplicativos instalados e a realização de ataques de negação de serviço distribuídos (DDoS – Distributed Denial of Service), com riscos a instituições públicas e privadas que utilizam redes de telecomunicações.

Foto: Pexels

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.