ExpoLondrina terá ExpôGames

Uma grande diversão digital está sendo preparada para evento 

O LONDRINENSE com assessoria

A ExpoLondrina 2022  traz uma novidade: Os games, líderes disparados no mundo digital em entretenimento. Dados mostram que no mundo todo existem cerca de 2,96 bilhões de gamers (jogadores), ou seja, 1/3 da população mundial pratica algum tipo de jogo digital. No Brasil somos quase 100 milhões, o quinto pais no mundo em número de jogadores.

No Parque Ney Braga, o Pavilhão Nacional será palco deste entretenimento. No espaço de 1.600 metros quadrados será criada a Expô Games, com atrações únicas vinculadas aos maiores títulos do segmento, jogos do momento, os games tradicionais, jogos para celulares, com tendências do universo mobile e também uma área “free-to-play-mobile” (MLBB, Wild Rift, Freefire, etc), além de PCs poderosos (free-to-play), atrações que proporcionarão engajamento e interação do público.

Os visitantes e adeptos dos games encontrarão no pavilhão um receptivo diferenciado com, entre outras coisas, adereços icônicos para fotos e um circuito interno de novidades, consoles e monitores espalhados pelo pavilhão, Lhama mecânica, espaço Just Dance (dança e games), Arena Rocket League, espaço de descanso.

Um palco central unirá todo o circuito proporcionando interatividade -, uma “experiência gamer”. Diversas atividades serão realizadas como minicampeonatos, desafios, palestras, campeonato interescolar com premiações, quiz gamer, cosplayer, entre outras agendas, além da presença de convidados e apresentadores de renome do segmento. A Expô Games está sendo organizada pela BBL e SRP.

Via Rural

A tradição da Via Rural- conhecida como Fazendinha – se mantém, mas a cada exposição às atrações para o público são renovadas, em seus 11 mil metros quadrados de área. Em 2022, quando completa 27 anos, a Via Rural terá estações (unidades didáticas expositivas) e o setor de eventos, abordando o tema: Agricultura Agroecológica, Inovação, Cooperação e Inclusão Social.

Na 60ª exposição, a Via Rural – coordenada pelo IDR-PR, Seab, UEL, SRP – traz novidades em energias renováveis (pequenas usinas de biogás); biotecnologia – soluções para pequenos produtores -; Aquicultura – produção de peixes como alternativa de negócios; Agroturismo; Plantas medicinais, flores e paisagismo, entre outros.

Empresas Juniores Agro; equipe do Hospital Universitário (HU) com esclarecimento ao público sobre endemias e pandemias e outros atrativos gastronômicos, culturais e  técnicos (palestras e oficinas temáticas), propiciam interação com o produtor e público em geral (arborismo, trilhas), transformando a “Fazendinha” em uma grande atração, que por tradição recebe a média de 200 mil visitas durante a exposição.

Foto: Pexels

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.