Skip to content

Seu dia a dia: Sabendo usar, o cartão de crédito é um ótimo aliado

Todos temos um cartão de crédito. Aliás, provavelmente mais de um. Ele tornou-se prático porque propicia facilidade nas transações comerciais, na nossa vida. O cartão permite adquirir um produto em várias parcelas e conta com serviços adicionais oferecidos , inclusive acúmulo de milhagens para viagens nacionais e internacionais. Sem contar que ainda não é mais necessário andar com um monte de dinheiro no bolso ou até talões de cheques.

Naturalmente, para realizar uma boa compra, é sempre preciso negociar pagamento à vista mediante um bom desconto. No entanto, enquanto as empresas oferecem esse mesmo valor à vista facilitado com pagamento parcelado via cartão, aí começa o início das suas vantagens. Por que pagar à vista se pode parcelar o mesmo valor?

Listando alguns benefícios dos cartões temos:

a) Para quem faz usualmente locação de carro – O sistema de locação só é feito via cartão de crédito e, dependendo da bandeira, você consegue alguns recursos extras. Um deles é o de não pagar o seguro da locadora utilizando o seguro do seu próprio cartão de crédito, com cobertura por danos causados por colisão, roubo e/ou incêndio . Houve uma ocasião em que tive um pequeno sinistro com carro locado e o cartão me reembolsou 100% do valor cobrado pela locadora.

b) Empresas parceiras – Algumas bandeiras estabelecem parcerias com diversas empresas e que trazem benefícios como quando compra um produto/serviço e leva dois (veja sua operadora), seja para restaurante, cinemas, viagens e outros; ou tem descontos em cinemas, teatros, shows, enfim. É sempre bom ficar de olho.

c) Programa de milhagem – Também destaca-se a pontuação de milhagem para quem gosta de utilizar serviços aéreos. Algumas oferecem milhagem em dobro.

Destacado os benefícios, isso não exime o fato de não carregar dinheiro como reserva para imprevistos em pequenas despesas como, por exemplo, pagamento de pedágio. Hoje, o sistema não oferece uso do cartão (ao menos desconheço). Aconteceu uma vez de eu precisar abastecer em um posto de gasolina recém- inaugurado em uma estrada. Ao desejar utilizar o cartão, não consegui porque ainda não tinha telefone e maquininha de cartão. Azar do meu amigo que estava junto e bancou o abastecimento.

Outro ponto muito importante, nunca é demais destacar, diz respeito as anuidades. Na renovação, sugiro ligar na operadora para negociar as anuidades. Eles sempre são receptivos, principalmente pela retenção dos clientes. Assim é possível obter bons descontos, de até 75%.

Por último, talvez o mais importante,, no pagamento da fatura sempre pague o valor integral. Nunca pague o mínimo, pois a taxa do cartão vai variar de 8 a 12% ao mês, o que no final pode virar uma bela dor de cabeça. Nessa hora, o cartão é uma faca de dois gumes, pois o prazer do consumo e a facilidade que ele proporciona pode se tornar problema. Deve haver sempre um consumo consciente e racional, dentro do orçamento de cada um. Se deixar rolar a dívida, pagará uma taxa de juros anual exorbitante que torna, muitas vezes, a dívida impagável.

Foto: Visual Hunt

Cláudio Chiusoli

Economista formado pela UEL, pós-doutor em Gestão Urbana, doutor em Administração pela Universidade de São Paulo, mestre em administração pela Universidade Norte do Parana, com aperfeiçoamento em gestão na Drexel University – Pensilvânia, Estados Unidos; e com pós-graduação em maçonologia: história e filosofia, estatística, comportamento organizacional e marketing. Autor dos livros: Sistema de Informação de Marketing (SIM): Ferramenta de Apoio com Aplicações à Gestão Empresarial – Editora Altas (2010); Estudos em Administração com Enfoque em Pesquisas Quantitativas, Editora Apprehendere (2018); Cidades e Informações inteligentes para os cidadãos, Editora Appris (2019)

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.