Skip to content

Planejamento sucessório: garantindo o futuro de sua empresa e da sua família

Por Evandro Ibanez Dicati

Planejar o futuro é essencial em todos os aspectos da vida e no mundo empresarial não é diferente. Uma das questões mais críticas, mas muitas vezes negligenciadas, é o planejamento sucessório – o processo de garantir uma transição suave e eficiente do controle e propriedade de uma empresa para as gerações futuras.

O planejamento sucessório é mais do que apenas a transferência de ativos financeiros. Envolve a identificação e a preparação de sucessores adequados, a implementação de estratégias para minimizar os impactos fiscais e legais da transferência de patrimônio e a definição de objetivos claros para o futuro da empresa.

Um dos primeiros passos no planejamento sucessório é identificar quem serão os sucessores. Isso pode incluir membros da família, funcionários-chave ou até mesmo a venda da empresa para terceiros. É importante considerar não apenas a capacidade técnica e o interesse dos sucessores, mas também sua visão para o futuro da empresa.

O planejamento sucessório também é extremamente relevante quando se tem a condição de pai ou mãe socioafetivo, visando garantir o direito de herança ao filho socioafetivo ou nos casos de união estável, evitando que o cônjuge tenha que discutir judicialmente a existência desta relação e consequente direito à divisão patrimonial.

Planejamento sucessório: minizando impostos e crises

Outro aspecto crucial do planejamento sucessório é a estruturação financeira da transferência de ativos. Isso pode envolver a utilização de instrumentos como testamentos, doações, holdings, acordos de compra e venda para minimizar os impostos sobre heranças e garantir que os ativos sejam transferidos de forma eficiente e equitativa.

Além disso, é fundamental definir um plano de gestão de crises e contingências para garantir que a empresa possa continuar operando sem problemas em caso de eventos imprevistos, como a morte ou incapacidade do proprietário.

Um planejamento sucessório bem elaborado não apenas protege o legado de uma empresa, mas também ajuda a evitar conflitos familiares e disputas legais que podem surgir durante períodos de transição. Ele permite que os proprietários mantenham o controle sobre o destino de sua empresa e garantam que ela continue a prosperar nas mãos das gerações futuras.

Quer saber mais sobre planejamento sucessório ou outro assunto de direito empresarial entre em contato pelo e-mail evandro@dicati.adv.br ou no instragram @evandrodicati.

Evandro Ibanez Dicati

O planejamento sucessório bem planejado protege a empresa e ajuda a evitar conflitos familiares e disputas legais.

Advogado e professor universitário. Bacharel em Direito; Pós-graduado em Direito Empresarial e em Direito Tributário; Mestre em Direito e Relações Econômicas.

E-mail: evandro@dicati.adv.br Instagram  @evandrodicati

Leia mais colunas sobre Direito Empresarial

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.