Diários de Andy Warhol estreia na Netflix

Série sobre o pai da pop art é um dos lançamentos da semana na Netflix

O LONDRINENSE com Assessoria

Do produtor executivo Ryan Murphy e do diretor Andrew Rossi, este impressionante retrato de uma lenda mostra a vida notável de Andy Warhol. Com seis partes, a produção aproveita o ângulo intimista oferecido pelos diários do próprio artista, publicados após a sua morte. Começando pela infância em Pittsburgh, a série acompanha a inacreditável jornada por diversas mídias e eras como artista igualmente amado e odiado, além de diretor, editor, produtor de TV, celebridade e muito mais. Embora fosse conhecido pela extravagância, Warhol era discretíssimo em relação à vida pessoal. Esta série revela a verdadeira complexidade deste homem com suas próprias palavras (e até a voz, graças à moderna tecnologia de inteligência artificial), além dos que trabalharam, criaram e se divertiram ao seu lado. A lista, que inclui pessoas subversivas e convencionais, vai de John Waters a Rob Lowe. Com produção executiva de Murphy, Dan Braun, Josh Braun, Stacey Reiss, Stanley Buchthal e direção de Rossi, “Diários de Andy Warhol” valida a crença de Warhol de que a ideia não é viver para sempre, e sim criar arte que dure para sempre.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.