Defesa Civil contabilizou 163 ocorrências após chuva de ontem em Londrina

Equipes seguiram em campo para desobstruir e sinalizar vias, além de distribuir lona para as famílias necessitadas

O LONDRINENSE com Assessoria

A Secretaria Municipal de Defesa Social (SMDS), por meio da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC), contabilizou 163 ocorrências, das quais 103 foram pedidos de lona por conta de destelhamentos, 59 quedas de árvores e uma solicitação de vistoria.

Foto: Defesa Social / divulgação

Os estragos causados, pela chuva da última terça-feira (14), foram registrados pelo órgão, para fins de análise e providências por parte do poder público. O alto número de destelhamentos se concentrou em uma região de ocupação irregular na zona norte e foi causado por uma rajada de 62,3 km/h, registrada pelo Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), no início da tarde de ontem.

Base Móvel – A maioria das solicitações de lona foi registrada na região norte da cidade. Por conta disso, a Defesa Civil juntamente com a Guarda Municipal disponibilizou o micro-ônibus para servir de base. Ele ficou nas proximidades do prédio do conselho tutelar norte, para que as famílias pudessem retirar, de forma ágil, a quantidade de lona necessária.

Ao todo, foram registrados 19 bloqueios em vias, dos quais 12 foram parciais e sete foram bloqueadas totalmente. As equipes do poder público realizaram trabalho de desobstrução e sinalização a fim de evitar acidentes.

CMTU – No momento, as equipes da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) também estão trabalhando na retirada de árvores caídas nas vias públicas. Eles estão nas ruas Pistoia e Paranaguá, que ficam na região central da cidade, próximas ao Museu; assim como na zona norte, na Rua Pedro Pescador e, região sudoeste, na Rua José Roque Salton.

Além desses eventos, o Município também registrou intercorrências no trânsito. Diversos semáforos tiveram problemas e interrupção de serviço, sendo a maioria relacionada à falta de energia. Para arrumá-los, desde ontem, as equipes da CMTU estão trabalhando. Até o momento, 18 semáforos apresentaram algum tipo de problema devido à falta de energia ou dano em alça, por conta do vento, ou, ainda, queima do controlador. Mas, todos estão sendo retificados.

Durante a manhã desta quarta-feira, as equipes seguem trabalhando em uma força-tarefa, para arrumar todas as demandas que estão chegando até a companhia. Entre elas estão os semáforos localizados na PUC x Tiradentes; na Charles Lindemberg; São Paulo x Benjamim Constant; Rio Grande do Norte x Bahia e na
Hugo Cabral x Benjamin Constant. Estes já receberam atenção das equipes ontem e, agora, pela manhã também.

Os técnicos da CMTU pedem a compreensão dos motoristas e atenção redobrada ao trafegar pela cidade.

Semáforos que apresentaram danos

Jk x Higienópolis
Jk x Pernambuco
Jk x Alagoas
Jk x Goiás
Jk x João Cândido
Jk x Uruguai
Castelo branco x Foz do Iguaçu
Faria lima x Joaquim de Matos
Higienópolis com Alagoas
Paranaguá x Guararapes
Maringá x Tiradentes
Dez de Dezembro x Tremembé
PR-445 x Saltinho
PUC x Tiradentes
Charles Lindemberg
São Paulo x Benjamim Constant
Rio Grande do Norte x Bahia
Hugo Cabral x Benjamin Constant

Texto: Bruno Amaral (SMDS) e assessoria da CMTU

Foto: Defesa Civil

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *