Skip to content

Londrina celebra Clarice Lispector na Biblioteca Pública, a partir desta quinta (16)

Programação do projeto BIBLIOCIRCUITO 24 toma conta do espaço até sábado (18), com debates, conferências, instalação e apresentações multiartísticas

O LONDRINENSE com assessoria

Bibliocircuito 24 – Perto do Coração Selvagem de Clarice Lispector movimenta a semana em Londrina com uma programação especial e gratuita, em homenagem a uma das maiores escritoras brasileiras. Serão três dias de ocupação do prédio histórico da Biblioteca Pública de Londrina, de 16 a 18 de maio, com conferências e debates com especialistas na obra de Clarice, sarau cênico-musical, performance de poesia falada, apresentação teatral e instalação interativa.

Clarice, fenômeno pop

A programação de conferências traz como convidados a pesquisadora e biógrafa Nádia Battella Gotlib; a escritora e crítica de arte Veronica Stigger; a professora Cris Torres, especialista em literatura e crítica literária; e o pesquisador de Mística e Literatura, teólogo e professor Faustino Teixeira. A atriz Mariana Lima fará uma participação virtual para falar sobre sua experiência na montagem teatral de “A paixão segundo G.H.”. Já o ator Odilon Esteves estará presente com um espetáculo solo a partir de textos da autora.

Nesta edição, o Bibliocircuito traz uma programação artística, didática e teórica, que busca propiciar contato da cidade com a vida e a obra de Clarice Lispector, que “fez de sua literatura uma forma de pensamento profundo sobre a relação do humano com a totalidade” – como destaca a curadoria do evento, assinada pelos professores e pesquisadores Renato Forin Jr., Suely Leite e Sueli Bortolin. “Clarice é fenômeno pop e viral na internet. Muitos a consideram hermética e inacessível, outros a tem como a completa tradução da alma humana”. O evento ainda celebra, respectivamente, os 80 e 60 anos de lançamento dos livros “Perto do coração selvagem” e “A paixão segundo G.H.”.

LEIA TAMBÉM

Também integram a programação dez artistas e pesquisadores de Londrina que, desde o dia 7 de maio, vêm trabalhando em oficinas preparatórias para a ocupação artística da Biblioteca esta semana. São atividades de criação e releitura da obra de Clarice nas linguagens de artes gráficas e literatura (Karina Rampazzo e Layse Moraes), mediação de leitura (Sueli Bortolin e Samantha Abreu), artes visuais e plásticas (Daniele Stegmann e Eduardo Diniz/Napa), música e artes da cena (Paulo Vitor Poloni e Carin Louro) e poesia falada/slam (Luli Mc e Érica Paiva Rosa).

Bibliocircuito

O Bibliocircuito 24 é um projeto estratégico patrocinado pela Prefeitura de Londrina – 90 Anos, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), e tem apoio da Biblioteca Pública de Londrina. Esta edição é realizada pelo Instituto Cidadania.

Idealizado em 2020, pelo produtor cultural e jornalista aposentado Luciano Bitencourt, o projeto Bibliocircuito nasceu da proposta de realizar um circuito cultural próprio da Biblioteca Pública de Londrina, integrado ao fluxo cultural da cidade. O objetivo é estimular a leitura, formar leitores, difundir a literatura, aproximar as pessoas do livro e da Biblioteca, onde o acesso é público e gratuito.

Durante o evento também será lançada a campanha de doação de livros Dar a Mão a Alguém, pensada para complementar e enriquecer o acervo público da Biblioteca Municipal com títulos novos e raros de Clarice Lispector (crônicas, contos, romances, literatura infantil e adulta) e também obras sobre a autora (biografias, estudos, ensaios).

Ocupação da Biblioteca Pública – Programação

Durante três dias, Clarice Lispector e sua obra transbordarão das paredes da Biblioteca Pública de Londrina, com a ocupação do Bibliocircuito 2024
Cris Torres/Foto: Divulgação

16 de maio (quinta-feira)

19 horas, na Biblioteca (Av. Rio de Janeiro, 413) – Abertura do Bibliocircuito 24 e da instalação Figurações do Inominável

19h30, na Biblioteca – Conferência de abertura Ver e ler Clarice Lispector, com a escritora e pesquisadora Nádia Battella Gotlib, autora da biografia “Clarice, uma vida que se conta” e de “Clarice Fotobiografia”. Seguida de sessão de autógrafos do livro “Clarice na Memória dos Outros”

17 de maio (sexta-feira)

14h30, na Biblioteca Infantil (Praça 1º de Maio, 110) – Vivência Uma história que não acabava mais – Apresentação e leitura de livros infantis de Clarice Lispector, contação de histórias e brincadeira na qual as crianças vão contar uma história sem fim. Com participantes da oficina “Eu quero ser o outro”.

19 horas, na Biblioteca – 
Abertura da noite com participação remota da atriz Mariana Lima sobre “A paixão segundo G.H.” no teatro.
– Em seguida, será aberta a conferência “Sou eu – ainda?” – A despersonalização e a perda da forma em A paixão segundo G.H., com a escritora e crítica de arte Veronica Stigger. A pesquisadora foi uma das curadoras (ao lado de Eucanaã Ferraz) da exposição Constelação Clarice (2021) no Instituto Moreira Salles.

20h30 (em frente à Biblioteca) – Performance de poesia falada “O Direito ao Grito”- apresentação do resultado da oficina coordenada por Luli Mc Érica Paiva Rosa. Com participação de Mister Rei e da Sound Kombi.

Faustino Teixeira/Foto: Divulgação

18 de maio (sábado)

10 horas, na Biblioteca – Sessão de diálogo Sentidos do demasiado humano em Clarice. Com Cris Torres, pós-doutora em Psicologia Social e doutora em Literatura Brasileira, que vai falar sobre “É que não contei tudo”: Clarice Lispector e as bordas do humano, e Faustino Teixeira,  foi professor titular de Ciências da Religião da UFJF e é estudioso de Mística e Literatura, que abordará o tema Clarice e o chamado ancestral.

15 horas, no Espaço Villa Rica (Rua Piauí, 211) – Sessão especial do filme “A Hora da Estrela” (1985), de Suzana Amaral. Exibição em cópia restaurada. Ingressos promocionais no Villa Rica. Em seguida, bate-papo com a escritora Veronica Stigger na Sala Londrina, aberto ao público. Parceria: Villa Rica.

18h30, nas sacadas da Biblioteca – Sarau cênico-musical Restos de Carnaval. Apresentação do resultado da oficina de música e artes da cena coordenada por Paulo Vitor Poloni e Carin Louro.

19h30, na Biblioteca – Apresentação do espetáculo solo Na sala com Clarice. O ator Odilon Esteves receberá o público na Sala José Antônio Teodoro para um encontro aos moldes de um acontecimento gastronômico. Para isso, vai propor um cardápio literário com 12 contos e crônicas de Clarice. Os espectadores escolherão cinco textos, a serem apresentados como opções de “entrada”, “pratos principais”, “sobremesa” e “cafezinho”. (Lotação limitada).

Mais informações nas redes sociais do projeto no Facebook e Instagram @bibliocircuito.londrina.

Serviço:

Bibliocircuito 24 – Perto do Coração Selvagem de Clarice Lispector

De 16 a 18 de maio (quinta a sábado)
Biblioteca Pública de Londrina (Av. Rio de Janeiro, 413).
Patrocínio: Prefeitura de Londrina / Secretaria Municipal de Cultura / PROMIC (Programa Ninicipal de Incentivo à Cultura)
Apoio: Biblioteca Pública de Londrina
Realização: Instituto Cidadania

LEIA TAMBÉM – Potencializando a identidade cultural de Londrina: cultura é a nossa praia

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.