Skip to content

Espetáculo gratuito, na sexta (29), mostra dramaturgia da luz

A peça “O universo está vivo como um animal” faz referência às ideias revolucionárias do inventor Nikola Tesla sobre energia e será apresentada no Auditório do Sesi/Senai

O LONDRINENSE com assessoria

Nesta sexta-feira (29), Londrina recebe o espetáculo teatral “O universo está vivo como um animal”, com o grupo Rumo de Cultura, de Curitiba. A apresentação acontece no Auditório do Sesi/Senai (Rua Belém, 844), com entrada franca. Os ingressos devem ser retirados antecipadamente no local meia hora antes do início do espetáculo. A classificação é livre.

Dramaturgia da luz

Estruturada por quadros imagéticos guiados pela dramaturgia da luz e pelos estudos sobre a vida do inventor Nikolas Tesla, os artistas constroem diante do público ambientes para contar histórias sobre a descoberta da eletricidade, imaginação e futuridade a fim de pensar o presente através da materialização de ideias no teatro.

Dramaturgia da luz: o espetáculo "O Universo está vivo como um animal" traz os estudos do inventor Nikolas Tesla

Nikola Tesla foi um inventor que revolucionou o século XX com contribuições nos campos da engenharia mecânica e eletrotécnica. As patentes de Tesla e o seu trabalho teórico formam as bases dos atuais sistemas de potência elétrica em corrente alternada. Entre suas invenções está a lâmpada tubular fluorescente, que se transformam em agentes da cena ao serem manipuladas pelos atores.

Serviço:
Sesi Cultura Paraná apresenta “O universo está vivo como um animal”
Data: 29 de setembro, sexta-feira
Horário: 19h30
Endereço: Auditório Sesi/Senai Londrina – Rua Belém, 844 Londrina – PR
Informações: (43) 9 8850 9066
Entrada Franca. Retire seu ingresso antecipadamente no local meia hora antes do início do espetáculo.
Classificação indicativa: livre

FICHA TÉCNICA: dramaturgia – Diego Marchioro, Fernando de Proença e Nadja Naira | direção – Nadja Naira | elenco – Diego Marchioro, Fernando de Proença, Edith de Camargo e Augusto Ribeiro | iluminação – Beto Bruel | preparação corporal – Carmen Jorge | trilha sonora – Edith de Camargo | cenário – Érica Storer e Angelo Osinski | figurino – Luan Valloto | coordenação de projeto – Diego Marchioro | direção de produção – Cindy Napoli | assistência de produção – Rebeca Forbeck | comunicação – Fernando de Proença | idealização – Rumo de Cultura, Diego Marchioro, Fernando de Proença e Isabel Teixeira | realização – Rumo de Cultura.
Canção original O UNIVERSO ESTÁ VIVO COMO UM ANIMAL – letra Fernando de Proença – melodia Ná Ozzetti – arranjo e músico – Mário Manga – intérpretes – Ney Matogrosso e Ná Ozzetti

Fotos: Renato Mangolin

LEIA TAMBÉM – Contrato Social e Acordo de Sócios: Entendendo a diferença

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.