Skip to content

CICLO participa da Semana de Inovação com espetáculo ao ar livre

Fachada do Edifício Júlio Fuganti será uma gigantesca tela

O LONDRINENSE com assessoria

O Circuito Artes e Conceitos de Londrina (CICLO) se apresenta à Cidade durante a Semana de Inovação de Londrina. O evento, promovido pela APL de TIC; Governança de Turismo, Agro Valley, APL de Audiovisual, Codel, ICON, INOVEMM, Salus, Sebrae e INTEGRA, surge com o objetivo de criar uma sinergia sobre o tema, tão estratégico para o desenvolvimento. No dia 06 de novembro, dentro da programação cultural da Semana, acontece a estreia do “Rever A Volta”, quando o CICLO transforma a fachada do histórico Edifício Julio Fuganti, no coração da Cidade, em uma gigantesca tela.

Durante uma projeção serão apresentadas as ações do novo festival de Londrina e as pessoas que fazem parte desse movimento. São parceiros locais, de todo o Brasil e até do exterior: um time de apaixonados que vêm driblando as adversidades e desenvolvendo, desde março, ações ligadas à arte e cultura. A projeção acontece em looping, das 20h30 até às 22h, na fachada que dá para a rotatória da Avenida Souza Naves e Avenida Celso Garcia Cid, com transmissão ao vivo pelo Facebook na fanpage do CICLO. O Rever a Volta conta com o apoio da CODEL, Secretaria Municipal de Cultura e Kinoarte. O CICLO pede ao público que respeite os protocolos de saúde e os decretos vigentes; mantenha o distanciamento e use máscaras.

Depois da projeção do dia 06, o Circuito de Artes e Conceitos de Londrina volta à programação da Semana de Inovação com a participação do cineasta italiano e diretor artístico do Aesop Studio, Stefano Di Buduo, com a palestra “A Imagem Digital no Teatro Analógico”, no dia 08 de novembro, às 11h. O evento integra a programação do LAVi – Londrina Audiovisual. Di Buduo é parceiro do CICLO dentro de ações previstas para acontecerem em maio de 2021 e foi através da articulação entre o LAVi e a Palipalan que aconteceu esse encontro.  Mais detalhes e inscrição no link.

O CICLO é um projeto idealizado pela Palipalan Arte e Cultura, um festival multidisciplinar, redesenhado a muitas mãos a partir da crise criada pelo coronavírus. Uma tribuna aberta à discussão, à alegria, à beleza e ao pensamento. “Um convite a enxergar, com outros olhos, as mudanças que se apresentam acerca do que é o ser humano a partir de agora e os desafios contemporâneos”, afirma Maria Fernanda Coelho, uma das idealizadoras. “Diante do novo cenário mundial, o projeto CICLO se contamina e dissemina cultura, propondo uma forma positiva de contágio pela arte, abrindo janelas e possibilidades pra quando essa tempestade passar”, completa Patricia Braga Alves. 

Esse movimento já conta com parceiros importantes, dentro e fora do Brasil. Além dos apoios institucionais imprescindíveis para a realização do evento, como a Secretaria Municipal de Cultura de Londrina, CODEL e a Superintendência Estadual de Cultura, o evento conta com parceiros internacionais, como o Teatro Potlach e o Open Program – Workcenter of Jerzy Grotowski and Thomas Richards, ambos italianos, amigos de longa data da Palipalan Arte e Cultura, com quem já realizaram projetos importantes anteriormente. Eles também assinam a co-produção do evento. “Para nós da Palipalan é uma grande responsabilidade poder oferecer uma oportunidade para os trabalhadores da cultura de Londrina, contribuindo para a economia criativa local. Entendemos a cultura como uma grande via de desenvolvimento para Cidade e isso também coincide com a nossa vocação como produtoras culturais”, afirma Patricia. 

Ambicioso, fora do comum, inclusivo e contagiante, o CICLO vem para somar à rica cena de festivais das mais variadas artes que animam o calendário cultural em Londrina há décadas. Destino quis que ele fosse apresentado ao londrinense em meio a uma pandemia, talvez indicando como a ‘Cidade dos Festivais’ vai passar a enxergar a arte e a cultura daqui pra frente. “Londrina tem um histórico de pioneirismo e ousadia nas práticas e pensamentos, e temos certeza que vai saber acolher o evento a partir de uma nova perspectiva”, finaliza. 

Serviço:

REVER A VOLTA – CICLO

Fachada do Edifício Julio Fuganti (Rua Senador Souza Naves, 9)

Dia 06/11/2020 – das 20h30 às 22h

Evento gratuito, ao ar livre. 

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.