Skip to content

Carina Corte é homenageada no Festival de Dança de Londrina

O programa “A Bênção do Grande Urubu”, que reúne documentário e apresentação de coreografias, celebra o trabalho da bailarina que faleceu em 2021 e que deixou seu nome marcado pela condução do Faces de Londrina, um dos maiores projetos artístico-sociais da história da cidade

O LONDRINENSE com assessoria

A noite desta quinta-feira (12) de feriado será de emoção, celebração e exemplo de vida no Festival de Dança de Londrina. No palco do Teatro Ouro Verde, artistas de Londrina e de outras regiões do país se unem para um tributo ao legado da bailarina Carina Corte, que integrou o elenco do Ballet de Londrina, foi professora de dança e desenvolveu na cidade o projeto artístico-social Faces de Londrina, uma referência no campo das políticas culturais.

O programa é composto pela exibição do documentário “A Bênção do Grande Urubu”, que reconstrói a trajetória da profissional por meio de imagens, lembranças, depoimentos e sentimentos, pelo pré-lançamento de um livro com estas informações, e pelo espetáculo “Abençoados pelo Grande Urubu”, com coreografias em sua homenagem. A ave que dá título aos trabalhos é um animal de inspiração artística e de movimento de Carina Corte desde seus primeiros passos na dança.

A bailarina Carina Corte é a homenageada no Festival de Dança de Londrina por seu trabalho com o projeto Faces que levou a dança a adolescentes de bairros periféricos de Londrina
Foto: Acervo pessoal

Carina chegou a Londrina em 2001 como estagiária na Cia. Ballet de Londrina, após formar-se em Dança na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Em quase duas décadas, tornou-se uma artista imponente no pensamento e na ação. Ao longo de 13 anos, o Faces de Londrina, viabilizado por recursos do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), levou a dança para milhares de crianças e adolescentes de bairros periféricos da cidade. A bailarina faleceu em 2021, vítima de um câncer, deixando parte importante de seu acervo ao bailarino Aguinaldo de Souza, ao artista visual Maurício de Oliveira e à atriz Michelle Florêncio.

As bênçãos de Carina Corte

Ciente da emergência de resgatar o trabalho de Carina e manter viva a imagem da dança pensada por ela – envolvendo arte, vida, pesquisa e ação social como faces de uma mesma experiência – o grupo uniu-se ao jornalista e produtor cultural Álvaro Canholi para a realização deste projeto composto de diferentes linguagens artísticas (fílmicas, literárias e cênicas) e que contou com patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, por meio do PROMIC, o Programa Municipal de Incentivo à Cultura. “Não se trata de um memorial, mas uma obra-fonte de conhecimentos para todos que acompanharam e participaram dos voos de uma artista da dança, e também para aqueles que não tiveram a oportunidade de receber as bênçãos de Carina, nosso Grande Urubu”, afirmam os criadores.

Bailarino Black, que começou na dança por meio do projeto Faces de Londrina, de Carina Corte – Divulgação

Para além do palco, a plateia também estará repleta de pessoas importantes para a trajetória da bailarina. Os artistas envolvidos na homenagem convidam todas as pessoas que passaram pelo projeto Faces para participarem desta noite especial. A eles serão distribuídos ingressos gratuitos, que podem ser retirados com o produtor Álvaro Canholi em horário comercial, no Teatro Ouro Verde, ao longo do dia ou a partir das 18 horas na noite da apresentação. Solicita-se, se possível, que o interessado pelo ingresso leve um comprovante de participação no projeto, como fotos ou outro documento. A todas estas pessoas, que serão cadastradas, o projeto fará a distribuição do livro “A Bênção do Grande Urubu” posteriormente.

Vídeo de “A Bênção do Grande Urubu” – homenagem a Carina Corte:

O Festival de Dança de Londrina 2023 é uma realização da APD (Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e Região Norte do Paraná) e tem patrocínio da Prefeitura Municipal de Londrina / Secretaria Municipal de Cultura, por meio do PROMIC (Programa Municipal de Incentivo à Cultura), com apoio institucional da Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Conta ainda com o apoio cultural da Rádio UEL FM.

Ficha técnica:
Documentário “A Bênção do Grande Urubu”
Direção, captação e montagem: Fran Camilo
Pesquisa: Aguinaldo de Souza, Álvaro Canholi, Maurício de Oliveira e Michelle Florêncio
Entrevistas: Álvaro Canholi
Produção: Álvaro Canholi e Michelle Florêncio
Curadoria de imagens: Aguinaldo de Souza, Camila Fontes e Maurício de Oliveira

A Dança como Celebração – “Abençoados pelo Grande Urubu”
Artistas da dança apresentam coreografias em homenagem à bailarina Carina Corte
Bailarinos e bailarinas: Aguinaldo de Souza, Aurélio Gabriel, Bailarino Black, Carol Aleixo e Lívia Aleixo, Danilo Alves, Paula Stricker, Grupo Infantojuvenil – Escola de Dança Carol Aleixo e Projeto “O Corpo como Princípio: Afrografias”

Serviço:
“A Bênção do Grande Urubu” – Artistas e grupos homenageiam Carina Corte
(Londrina – PR)
Dia: 12 de outubro (quinta-feira)
Horário: 20 horas
Local: Teatro Ouro Verde (R. Maranhão, 85)
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: R$20 e 10 (meia-entrada), com ingressos gratuitos para ex integrantes do projeto Faces de Londrina (retirada no Teatro Ouro Verde em horário comercial nos dias 11 e 12 de outubro ou duas horas antes da apresentação)

Ingressos para os espetáculos:
R$20 e R$10 (meia-entrada)
Vendas On-line pelo Sympla
Vendas presenciais: Teatro Ouro Verde (Rua Maranhão, 85)
Horário de funcionamento: das 16 horas até o início do espetáculo

Leia também – Conversas no WhatsApp podem ser usadas como provas nos processos cíveis?
Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.