Skip to content

As identidades picturais do Brasil

A feira, a praia, o futebol… mas também um imaginário sonhado e fantasiado, todo um universo popular é evocado nesta original exposição Brésil Identités dedicada aos artistas brasileiros

Por Chantal Manoncourt

É no Museu de Lodève, pequena cidade de 7 mil habitantes, no sul da França, que o Brasil está em destaque. Cerca de cinquenta artistas do século XX, todos autodidatas, quase metade dos quais são mulheres, promovem o seu país com as suas múltiplas identidades através da cultura popular.

Os temas da vida cotidiana são evocados em uma arte ingênua muito colorida. Em Jogo de futebol, Rosina Becker do Valle retrata a alegria e a emoção que acompanham essas partidas de norte a sul do país Outro local de encontro e partilha, a feira é um local imprescindível onde as personagens parecem convergir para o mesmo local felizes por se reencontrarem. Ivonaldo, natural de Caruaru, usa cores quentes e ensolaradas para pintar esta terra famosa pela produção de cerâmica terracota.

A exposição Brésil Identités está no Museu de Lodève, na França, com mostra de obras de artistas brasileiros autodidatas. São as identidades do Brasil em exposição

LEIA TAMBÉM

O que chama a atenção na maioria dessas pinturas são as cores vivas e a ausência de perspectiva, conferindo um charme particular à maioria das pinturas.

Identidades

Para os artistas, a natureza é uma fonte permanente de inspiração evocando um ambiente muito diversificado desde a Amazônia até à costa atlântica incluindo o interior onde o homem e os animais estão intimamente representados. Lia Mittarakis, em sua Enseada de Botafogo, transcreve toda a exuberância da natureza num soberbo monocromático de azul e verde. A fauna e a flora são ricas e variadas, por isso Alexandre Filho conta seu caminho do Bem e do Mal e relê a história de Adão e Eva à luz dos Trópicos. O fruto proibido não é uma maçã, mas… um caju!

De origem peruana, Chico da Silva pinta pássaros fantásticos e dragões imaginários nas paredes das casas de pescadores. Com seu surpreendente Peixe Voador, o artista revela um universo colorido infinitamente poético e fantasiado. Chamado em Fortaleza pelo pintor suíço Jean-Pierre Chabloz, Chico da Silva expôs suas pinturas na Suíça, em Genebra em 1950 e depois em Neuchâtel em 1956. Depois de ganhar o prêmio na Bienal de Veneza, em 1966, tornou-se o artista mais procurado depois no Brasil e em 1967 participou da exposição Oito Pintores Ingênuos Brasileiros em Paris. Nesta ocasião, André Malraux, ex-Ministro da Cultura da França, descreve-o como um dos maiores artistas primitivos do mundo.  

Isabel de Jesus escapa no imaginário ao pintar um bestiário inventado em Bichos que Deus não criou. Outros pintores apoiam-se na realidade para dar asas à imaginação, assim Paulo Pedro Leal em Idílio retrata o desastre de um naufrágio de onde emergem um demônio e uma sereia. Será este o fim de um mundo ou o início de outro? Cada um interpreta à sua maneira e dá asas à imaginário diante de uma pintura não tão ingênua que surpreende, desafia e comove ao mesmo tempo.

É uma viagem parada que o Museu em Lodève oferece através desta exposição original, Brasil Identidades, uma exposição que faz com que todos os habitantes da região queiram descobrir o universo colorido deste país, dos seus habitantes e dos seus artistas.

Lodève está localizada a 697 km de Paris.

Serviço: Brésil Identités até 21 de abril de 2024 no Museu Lodève, praça Georges Auric, 34700 Lodève

Fotos: © J.Ardies/Y.Refalo/L.Reis et Musée de Lodève

Chantal Manoncourt

Parisiense, arqueóloga e jornalista, apaixonada pelo Brasil, já escreveu vários livros sobre turismo brasileiro.

Leia todas as colunas do Conexão Europa

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

1 comentário

  1. Artigo muito interessante. Aprendi muita coisa sobres as artistas brasileiras populares. Nunca podia imaginar que essas obras sejam expostas numa cidadezinha francesa. Que tristeza que nossa cultura seja tão mal conhecida aqui no Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.