Skip to content

Dia Mundial do Hambúrguer: 6 lugares para comemorar a data e uma dica para fazer o seu

Celebre o 28 de Maio degustando um sanduichão no capricho

Telma Elorza

O LONDRINENSE

O hambúrguer é uma das comidas mais populares e amadas em todo o mundo. Com sua combinação de suculenta carne, pão macio e uma variedade de acompanhamentos saborosos, é difícil resistir a essa delícia gastronômica (mesmo que seja um perigo para as dietas, kkk) E para celebrar essa maravilha culinária, existe um dia especial dedicado ao hambúrguer: 28 de maio, o Dia Mundial do Hambúrguer.

O Dia do Hambúrguer é comemorado nos Estados Unidos no dia 28 de maio e os brasileiros, espertinhos, “importaram a data”. Só este ano, entre janeiro e o início de maio, o iFood registrou um aumento de 7% nos pedidos de hambúrgueres no Brasil. Foram 44.503 milhões de hambúrgueres pedidos contra 41.324 milhões de unidades no mesmo período de 2022. Eu mesma colaborei com alguns desses pedidos.

A origem dessa data remonta ao século XIX, quando o hambúrguer se popularizou nos Estados Unidos como um alimento prático e saboroso. Desde então, ele conquistou o paladar de pessoas de todas as idades e culturas, tornando-se um ícone da culinária internacional. Mas dizem que a origem remonta há séculos, com raízes em culturas e tradições culinárias diferentes. Afinal, carne moída temperada não é uma coisa assim “ó nossa, que original”.

LEIA TAMBÉM

Uma das teorias mais populares sobre a origem do hambúrguer remonta à Idade Média, quando tribos nômades da Ásia Central conhecidas como mongóis desenvolveram o hábito de carne moída (picando muito bem com facas), provavelmente para amaciar a carne e torná-la mais fácil de mastigar (lembre-se, cuidar de dentes não era prioridade nessa época, muitos não tinha mais que alguns dentes ao chegar a idade adulta). Essa carne moída era chamada de “bitoque” ou “bife tártaro”.

Mas foram os alemães que levaram a tradição da carne moída temperada, conhecida como hamburgo – em homenagem à cidade de Hamburgo – para os Estados Unidos e o resto da história todo mundo já conhece.

Hoje, os hambúrgueres não são mais como os originais, apenas pão e carne. O lanche oferece uma infinidade de possibilidades quando se trata de combinações de sabores (e para ficar menos calórico, que tal comer sem o pão?) e são refeições completas. Aqui dou dica de seis lugares que fazem deliciosos hambúrgueres e uma receita que sigo e faz sucesso. Foi uma tortura escolher apenas seis, porque Londrina é uma cidade cheia de hamburguerias gourmets muito boas e até dos famosos “podrões” (aliás, que eu acho também uma delícia).

Mr. Hoopy Beer & Burguer – já provei e recomendo

Top Burguer – nunca fiz matéria, mas é um dos lugares que mais peço meus lanches

Rei da Rua – hambúrgueres fantásticos, desde a época do food truck

Hamburguers – conheço e aprecio desde que meu filho era uma criança, ou seja, há uns 30 anos. Muito bom

NYC Burgers – Bão demais, com ótimo custo

Santoíche – conheci em 2014 e continuo gostando muito.

LEIA TAMBÉM

E pra completar, a receitinha que prometi:

Ingredientes: escolha pães e carne de qualidade, de acordo com seu gosto (mais ou menos gordura). Como eu prefiro minha carne moída com pouquíssima gordura, sempre peço para moer patinho (melhor moído na hora), mas depende do seu gosto. Tempere-a com sal, cebola e alho bem picadinhos e use ervas a seu gosto (para mim, não pode faltar salsinha e cebolinha). Misture bem, mas sem sovar para que os hambúrgueres fiquem macios. Monte no formato que deseja, mais ou menos grosso. E combine com tudo que desejar: vegetais, molhos, queijos de todos os tipos. Não tem como ficar ruim.

Foto: Freepik

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.