Skip to content

Vídeo concerto de orquestra londrinense bomba na internet

Por Valdir Grandini Alvares

Tempo de pandemia. Tempo difícil. Tempo de privação para preservar a saúde. Tempo de reclusão. Tempo de saudade do abraço dos amigos, das conversas olho-no-olho. Tempo de perdas. Mas nesse tempo duro, emergem também gestos maravilhosos de solidariedade e demonstrações de respeito pela vida do próximo.

Os artistas têm sido verdadeira fonte de alento e calor humano, realizando apresentações em fachadas de prédios, compartilhando vídeos de espetáculos, fazendo lives, mostrando criações em duetos à distância, de dança, de teatro, de hip hop, de músicas. Pela internet, as conexões vão quebrando o isolamento.

De Londrina, um prodígio criativo está bombando nas redes sociais. Os músicos da Orquestra Acadêmica Bravi superaram a separação corporal e conseguiram gravar um vídeo, cada um de sua casa, que, editado, tornou-se um concerto orquestral emocionante. Eles gravaram Heart`s Wound (Coração Ferido), da Obra Two Melodies Elegiac, op.34, do norueguês Edvard Grieg (1834 – 1907). Grieg é um dos mais reconhecidos compositores do período romântico e tem sua obra influenciada pela tradição popular da Noruega.

A trajetória de Grieg é marcada pelo esforço em promover a música, tanto em concertos como em aulas para formação de novos músicos. Quão feliz não ficaria o compositor, ao ver sua criação e seu exemplo inspirando tamanha criatividade, de Londrina para o mundo, superando a distância no tempo e no espaço? O título, “coração ferido”, não podia ser mais apropriado ao momento delicado que vive o mundo.

Jhonatan Santos, instrumentista e Coordenador Musical da Orquestra Acadêmica Bravi, conta que vinham, a poucos dias, ensaiando para o lançamento da temporada de concertos 2020, que previam realizar num concerto em março, mas que tiveram que suspender a programação por conta da pandemia provocada pelo coronavírus. “Só que nós nos vimos em conexão com essa movimentação artística mundial, nas mídias sociais e nos perguntamos: Por que não nós também, nesse momento? Por que não desenvolver esse repertório que vínhamos ensaiando, editando um vídeo onde cada um executasse a música em sua casa? Decidimos nos comprometer com essa energia do cenário artístico, pois Londrina é um polo cultural conectado ao mundo”, afirma o músico.

Cada componente da orquestra gravou “Coração ferido” em seu celular, o que foi depois equalizado e trabalhado em áudio pelo técnico Fabrício Martins e em vídeo por Nícolas Lopes Pereira e Rubro Lab. Um trabalho rápido, criativo e primoroso, para chorar, rir e aplaudir. O vídeo concerto pode ser assistido no Youtube.

Foto: Fábio Alcover

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.